A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Lamborghini Huracán STO é revelado, o novo Mercedes-Maybach S580, Audi A4 2021 já está no Brasil e mais

Olá, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Lamborghini revela Huracán STO, o Super Trofeo para as ruas

Após uma breve campanha teaser, a Lamborghini revelou ontem (18) o Huracán STO, versão mais nervosa de seu supercarro com motor V10. O STO – de Super Trofeo Omologata, e não Omologato – é, em essência, um Super Trofeo legalizado para rodar nas ruas. Ele tomará o lugar do Huracán Performante como variante de topo do “baby Lambo”.

Isto significa que ele tem mais potência, aerodinâmica retrabalhada e diversas modificações em relação ao Huracán Evo. Com 1.339 kg (peso seco), ele é 43 kg mais leve que o Huracán Performante – graças ao uso de fibra de carbono em mais de 75% da carroceria, ao para-brisa 20% mais leve e ao interior aliviado, onde a fibra de carbono e Alcantara dominam praticamente todas as superfícies.

Há outras medidas interessantes, como a adoção de uma peça única para capô, para-lamas dianteiros e para-choque. Além de ajudar a reduzir peso, o capô do tipo clamshell é um aceno direto ao Lamborghini Miura e ao Sesto Elemento. O Huracán STO também tem rodas de magnésio de 20 polegadas e pneus Bridgestone Potenza.

Em aerodinâmica, o Huracán STO tem novo spoiler frontal, saídas de escoamento no capô e para-lamas dianteiros, dutos NACA nos para-lamas traseiros e uma nova asa traseira ajustável. Também há uma scoop no teto para a admissão. De acordo com a Lamborghini, os novos elementos trazem uma redução de 37% no arrasto e um aumento de 53% na downforce gerada pelo carro em movimento.

O Huracán STO também ganhou freios de carbono-cerâmica da Brembo (que, segundo a Lamborghini, são muito parecidos com os utilizados pela Fórmula 1) e três novos modos de condução – STO, para uso nas ruas; Trophy, que acerta o carro para uso em pista; e Rain para piso molhado.

Mostrando que o foco do STO é seu comportamento dinâmico, a Lamborghini não mexeu no motor: o V10 aspirado de 5,2 litros continua com os mesmos 640 cv do Huracán Evo – e o torque, na verdade, é um pouco menor: 57,6 kgfm contra 61,1 kgfm. Isto não quer dizer que o carro não é rápido, claro: o zero a 100 km/h é cumprido em três segundos cravados, e a velocidade máxima fica em 310 km/h.

 

O carro das fotos de divulgação traz um interessante esquema de pintura Azul Laufey com Laranja California, lembrando bastante as cores da Gulf Oil. Mas a Lamborghini garante que existem “infinitas combinações de pintura e acabamento” disponíveis.

O Lamborghini Huracán STO começará a ser vendido no ano que vem. O preço parte de € 249.412 (cerca de R$ 1,58 milhão na cotação atual) – o que dá pouco mais de € 90.000 a mais que o Huracán Evo.

 

Novo Mercedes-Maybach S580 é apresentado

Pouco tempo depois de apresentar a nova geração do Classe S, a Mercedes-Benz agora revela sua versão ainda mais luxuosa: o Mercedes-Maybach S580, alternativa da estrela de três pontas a Rolls-Royce e Bentley.

O visual do carro não deixa dúvidas de que se trata de um Classe S – os faróis são os mesmos, assim como as lanternas e o contorno da grade. Mas para-choques, rodas e outros detalhes são exclusivos, e o acabamento está em outro nível.

Feito com base na versão de entre-eixos longo, o Maybach Classe S oferece luxo e conforto dignos de jatinho particular, com tablets individuais (com fones de ouvido wireless inclusos), câmeras HD microfones para quem precisar fazer uma videoconferência durante a viagem, tomada 12V, entradas HDMI, porta-copos com regulagem de temperatura, frigobar e taças de champagne para duas pessoas.

As portas traseiras abrem ao toque de um botão, a iluminação ambiente possui 64 opçõs de cor, e os bancos – climatizados, claro – possuem massageador com dez ajustes diferentes. O sistema de som Burmerster tem 30 alto-falantes e 1.750W de potência e os airbags são 18 (incluindo cintos de segurança infláveis).

O sedã é equipado com o V8 biturbo de quatro-litros da Mercedes-Benz, que por sua vez é ligado a um sistema híbrido leve de 48V. No total, o Maybach Classe S tem 524 cv e 96,7 kgfm de torque, moderados por uma caixa automática de nove marchas com tração 4Matic. A velocidade máxima é de 210 km/h – o que não parece muito, mas não estamos falando de um esportivo. Para um veículo que será conduzido pelo chauffeur no trânsito e nas rodovias, é suficiente.

A Mercedes-Benz não diz quando o Maybach S580 começará a ser vendido, nem quanto ele custará. Estima-se, contudo, algo próximo dos € 180.000 – mais de R$ 1,1 milhão em conversão direta.

 

Landjet: Audi, Porsche e Bentley dividirão modelo de luxo  elétrico

O Grupo Volkswagen está preparando um novo topo de linha totalmente elétrico, e ele será compartilhado entre Audi, Porsche e Bentley. Quem diz é o jornal alemão Handelsblatt, o carro já está em fase avançada de desenvolvimento – mas só fará sua estreia em 2024.

Usando o codinome “Landjet”, o sedã deverá ser um rival para o Tesla Model S e será fabricado pela VW em Hannover, na mesma linha de produção dos elétricos da linha ID.

Não existem muitas informações a respeito do carro em si mas, segundo o site Automotive News, o Landjet deverá ser um veículo grande, com entre-eixos generoso e capacidade para acomodar até sete pessoas em três fileiras de bancos. Também faz sentido imaginar uma versão lounge, com apenas duas fileiras de bancos e um ambiente espaçoso para os ocupantes do banco traseiro.

Ainda de acordo com o Handelsblatt, o primeiro derivado do projeto Landjet será lançado pela Audi, seguido das versões de Porsche e Bentley. Embora todos utilizem a mesma base e o mesmo powertrain, cada um deles terá a identididade visual de sua marca.

 

Toyota Corolla GR Sport é confirmado por executivo

A Toyota deve mesmo lançar o Corolla GR Sport no Brasil. A versão – que, na veradade, é um Corolla normal com decoração esportiva – tem tudo para ser lançada ainda neste ano, provavelmente em dezembro, de acordo com os colegas do Autos Segredos.

A confirmação veio de Vladimir Calvo Centurião, diretor de vendas, pós-venda e marketing da Toyota no Brasil, durante o lançamento da Hilux reestilizada.

Ocupando o posto que já pertenceu ao Corolla XRS, a versão GR Sport ainda não teve a motorização confirmada de forma oficial. É dada como certa a adoção do motor 2.0 de 177 cv já utilizado pelas outras versões, mas o Jornal do Carro diz que ele também estará disponível em versão híbrida, com motor 1.8 mais dois motores elétricos para entregar 123 cv.

O visual do Corolla GR Sport brasileiro deverá ser igual ao da versaõ europeia, com detalhes em preto no exterior e acabamento escurecido no interior, complementado por acentos em metal escovado.

 

Audi A4 2021 chega ao Brasil por R$ 229.990

Embora o lançamento oficial esteja marcado para a semana que vem, Audi A4 2021 já está disponível no Brasil. O sedã reestilizado já aparece no site da fabricante e já pode ser conferido de perto nas concessionárias. Preços e versões também já estão disponíveis.

O novo A4 será vendido no Brasil em três versões: Prestige, Prestige Plus e Performance Black. As duas primeiras usam o novo motor 2.0 turbo TFSI Ultra, com 190 cv e 32,6 kgfm de torque. A terceira, por sua vez, inclui um sistema híbrido leve de 48V para chegar aos 259 cv. O Audi A4 Performance Black é o único com tração nas quatro rodas, mas todos usam o mesmo câmbio S-Tronic de dupla embreagem e sete marchas.

A reestilização deu ao Audi A4 um design mais limpo, com novos faróis, grade mais larga e lanternas com elementos internos redesenhados. Na lateral, o carro perdeu o vinco nas portas que ficava logo abaixo da linha dos vidros. O interior, por sua vez, recebeu uma nova central multimídia e mudanças discretas no acabamento.

O novo Audi A4 custa R$ 229.990 na versão Prestige; R$ 259.990 na versão Prestige Plus; e R$ 304.990 na versão Performance Black. A seleção de equipamentos deverá ser revelada na semana que vem.

Matérias relacionadas

“The Grand Tour”: Eu assisti ao novo programa de Jeremy Clarkson, Richard Hammond e James May e…

Leonardo Contesini

Este Chevrolet Opala Chateau foi roubado há 16 anos e agora foi devolvido a seu dono

Dalmo Hernandes

Narco tanques: os blindados de combate dos cartéis de drogas mexicanos

Dalmo Hernandes