A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Matt LeBlanc será apresentador de Top Gear, Vin Diesel confirma datas dos próximos “Velozes e Furiosos”, importação independente de carros terá que pagar IPI e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Matt LeBlanc, o Joey de “Friends”, é o novo apresentador de Top Gear

tg_-line-up

Há dois dias a alemã Sabine Schmitz desmentiu as especulações de que seria apresentadora do Top Gear e agora a BBC aparece com essa: Matt LeBlanc, mais conhecido como o Joey de “Friends”, será o segundo apresentador do programa ao lado do DJ britânico Chris Evans.

A contratação foi confirmada pelo site de Top Gear nesta quinta-feira (4), e em sua primeira declaração como apresentador do programa, afirmou ser “um louco por carros e grande fã de Top Gear”.

 

Matt já deu as caras em Top Gear na 18ª temporada, como convidado no quadro “Star in a Reasonably Priced Car”, quando conseguiu fazer o tempo mais rápido com o Kia “Cee-apóstrofo-d” na pista do programa em Dunsfold. Além disso, ele também participou da 19ª temporada pilotando o McLaren MP4-12C (com o Stig de carona) e apresentou o vídeo “Top Gear: The Races”.

 

Vin Diesel confirma as datas de lançamento dos próximos “Velozes e Furiosos”

velososefuriozes

A essa altura de 2016 já não é mais novidade que a franquia “Velozes e Furiosos” terá mais três filmes. O que ainda não sabíamos é quando cada um desses filmes será lançado, mas Vin Diesel deu um jeito nisso: depois de revelar o primeiro teaser de “Velozes 8”, ele agora divulgou as datas de estreia dos três últimos filmes saga.

“Velozes 8”, o próximo filme, será lançado em 14 de abril de 2017, como já havíamos visto no começo do ano. Depois, o nono filme, “Velozes 9”, chega aos cinemas em 19 de abril de 2019. O último, “Velozes 10”, também terá um intervalo de dois anos  — como todos os outros — e completará a saga em 2 de abril de 2021, ano em que a franquia completa duas décadas.

 

Supremo decide que importação independente de carros terá que pagar IPI

shelbyvendas (5)

O Supremo Tribunal Federal julgou nesta última quarta-feira a incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados na importação de carros por pessoas físicas e para uso próprio.

Segundo o entendimento adotado pela maioria dos ministros “a cobrança do IPI não afronta o princípio da não cumulatividade nem implica bitributação”  e “preserva o princípio da isonomia, uma vez que promove igualdade de condições tributárias entre o fabricante nacional, já sujeito ao imposto em território nacional, e o fornecedor estrangeiro”. Traduzindo: o IPI deve ser cobrado porque o fabricante nacional também paga o imposto.

Quem importou carros com liminar para suspender a cobrança do IPI, contudo, não precisa se preocupar: o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que “em respeito à segurança jurídica, em proteção ao contribuinte que estruturou sua vida em função de jurisprudência consolidada, não deve haver retroação”.

 

“Um SUV Ferrari? Somente sobre meu cadáver!”

1282454746002222001

Foi mais ou menos isso que o CEO da FCA, Sergio Marchionne, disse ao ser questionado se existe a possibilidade da Ferrari embarcar na onda dos SUVs — como já fizeram seus rivais Porsche e Lamborghini — para engrossar o volume de vendas. “Você terá que atirar em mim primeiro”, disse o executivo, segundo o Bloomberg.

1282454745895907249

Esta não é a primeira vez que Marchionne descarta um SUV Ferrari. Em 2014 no Salão de Paris ele já havia dito que o plano da Ferrari é fabricar esportivos de duas portas, e não SUVs ou modelos quatro-portas.

 

Toyota extingue marca Scion

Captura de Tela 2016-02-04 às 12.29.34

A Toyota confirmou nesta quarta-feira (3) que irá extinguir a Scion. A submarca japonesa foi criada em 2002 com o objetivo de atrair o público jovem dos EUA, separando os modelos da imagem corporativa da Toyota e da Lexus. O Toyota GT 86, por exemplo, era oferecido nos EUA como Scion FR-S.

Agora, os modelos Scion serão rebatizados como Toyota, incluindo o FR-S, que finalmente se chamará GT 86 no mercado americano.

Segundo a Toyota, a decisão foi motivada pelas demandas dos clientes (e também pela guinada que a fabricante japonesa deu sob a direção de seu atual CEO, Akio Toyoda): “Os compradores mais jovens de hoje ainda querem veículos divertidos e bonitos, mas também querem algo mais prático […] e, como seus pais, começaram a apreciar a marca Toyota e seus atributos tradicionais de qualidade e confiabilidade. Ao mesmo tempo, os novos veículos da Toyota evoluíram para abranger o estilo e o comportamento dinâmico que os jovens desejam”.

Matérias relacionadas

Quais carros anunciados no GT40 você compraria com R$ 500.000?

Dalmo Hernandes

Os carros mais vendidos em abril de 2020, o SSC Tuatara em ação, Volkswagen considera Golf de 400 cv e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes

Seat Fura Crono: um raro Fiat 147 espanhol com tempero de hot hatch e à venda no Brasil

Dalmo Hernandes