A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

McLaren MP4/1: a história do primeiro carro de Fórmula 1 feito de fibra de carbono

"Para chegar na frente, você precisa ser o primeiro a fazer alguma coisa". Estas são as palavras de John Barnard, o designer responsável pelo McLaren MP4/1. Além de ser o primeiro carro com a nomenclatura que a McLaren utiliza até hoje na grande maioria dos seus carros (a não ser que seja algo verdadeiramente especial, como o F1 ou o P1), o MP4/1 foi o primeiro com monocoque de fibra de carbono a competir na Fórmula 1. Hoje em dia, é inconcebível que um monoposto da maior categoria do automobilismo, ou mesmo um superesportivo de rua, seja feito de outro material que não seja fibra de de carbono mas, em 1979, esta ideia era simplesmente absurda demais. Quer dizer, não para Barnard. Para ele, era a única solução possível para um problema que todo mundo tinha, e mais ninguém sabia resolver. Naquela época, Colin Chapman também já estava experimentando a fibra de carbono na construção de carros de Fórmula 1 — o incrível Lotus

Matérias relacionadas

Hayabusa Sports Prototype: quando a Suzuki fez um project car de fábrica com motor de supermoto

Dalmo Hernandes

O sonho de Zora: os 55 anos do Corvette de motor central-traseiro

Leonardo Contesini

Porsche 4 Cam “Fuhrmann Engine”: a história do lendário motor que separou o 356 do Fusca definitivamente

Leonardo Contesini