FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novas imagens do VW Polo, Porsche GT2 RS acelera forte em Nürburgring, Hyundai apresenta seu novo SUV e mais!


Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Volkswagen divulga dois teasers do novo Polo

TeaserPolo1

Faltam apenas três dias para o lançamento da nova geração do Polo, e isso significa que está na hora de divulgar alguns teasers do modelo, segundo o roteiro dos lançamentos.

São apenas duas imagens que revelam alguns traços marcantes desta nova geração, como o vinco lateral que nasce nos paralamas dianteiros e contorna o carro inteiro, marcando a posição das maçanetas nas laterais, e se estende sobre as lanternas traseiras e a tampa do porta-malas. As lanternas aliás, mantém o estilo hexagonal da geração atual (que também influenciou o Gol), porém agora são mais largas em cima e mais estreitas na base.

TeaserPolo2

Na dianteira os faróis também mantêm o estilo geométrico (formam um heptágono assimétrico), porém a grade segue o mesmo estilo inaugurado pelo sedã Arteon, com um aplique no topo, causando a impressão de que o capô se alonga por entre os faróis.

O novo Polo já foi confirmado para o Brasil, e deve chegar por aqui no final deste ano equipado com os motores 1.6 16v MSI e 1.0 TSI.

 

Porsche 911 GT2 RS é gravado acelerando forte em Nürburgring

Depois de ser parcialmente revelado no lançamento de Forza Motorsport 7, o Porsche 911 GT2 RS foi gravado durante testes em Nürburgring Nordschleife exibindo todo o potencial que se espera do Porsche 911 mais potente da história.

A Porsche ainda não divulgou os dados do carro, apesar de ele já ter sido exibido no último final de semana. Sabemos apenas que ele terá um motor 3.8 flat-6 com dois turbos com potência entre 650 cv e 700 cv, tração apenas na traseira (como todo GT2) e usará o eixo traseiro esterçante que se tornou padrão nos 911 de alto desempenho. Também sabemos que ele teve sua aerodinâmica refinada em relação ao antecessor, com respiros para escoar o fluxo de ar das caixas de roda dianteiras, e uma asa de traseira imensa e recuada para multiplicar o efeito por alavancagem.

No vídeo é possível ver um pouco do comportamento dinâmico do carro, bastante neutro como se nota pela traseira escapando suavemente aos 0:15 do vídeo e pela forma com que ele se aproxima das curvas em outros momentos do vídeo. Em outras partes, contudo, o piloto pega mais leve (aos 0:27, por exemplo, ele balança o carro na pista mantendo uma aceleração moderada).

O Porsche 911 GT2 RS será lançado oficialmente em setembro, durante o Salão de Frankfurt.

 

Agentes de trânsito terão curso obrigatório padronizado pelo Denatran

prf

Quem dirige rotineiramente em cidades ou estados diferentes já deve ter notado uma variação nos padrões de fiscalização de trânsito em cada lugar. Isso se deve ao fato de que os agentes de trânsito não recebem um treinamento padronizado antes de saírem as ruas. Cada órgão de trânsito institui seu próprio programa de treinamento, sem um programa nacional como referência. Mas isso, felizmente, está prestes a mudar.

A partir de 27 de novembro todos os agentes de trânsito terão que passar por um curso obrigatório regulamentado pelo Departamento Nacional de Trânsito, o Denatran. O treinamento inclui os agentes da Polícia Rodoviária Federal, os policiais militares de trânsito de todas as unidades da federação, e agentes de órgãos executivos estaduais, municipais, federais e distritais.

O curso terá 200 horas-aula, divididas em 40 horas de legislação de trânsito, 20 horas de noções de engenharia de tráfego e sinalização de trânsito, 48 horas de legislação de trânsito aplicada, 8 horas de ética e cidadania, 12 horas de psicologia aplicada, 8 horas sobre o papel educador do agente, 8 horas de língua portuguesa,  16 horas de operação e fiscalização de trânsito e 40 horas de prática operacional.

 

Este é o novo Hyundai Kona

2018-hyundai-kona

A Hyundai revelou nesta terça-feira (3) o crossover Kona, o primeiro modelo de uma nova leva de SUVs que a marca coreana prepara para o futuro. Produzido sobre uma nova plataforma desenvolvida especialmente para estes SUVs, o Kona será oferecido nos EUA e na Europa como opção de entrada da linha de SUVs da marca, aqui ocupada pela primeira geração do Tucson e pelo novo Creta.

2018-hyundai-kona-1

O visual é ousado, e aposta na tendência do conjunto óptico dividido em duas alturas, como nos Citroën e no Fiat Toro. Na Europa o modelo será equipado com um motor 1.0 turbo de 120 cv e com um 1.0 turbo de 177 cv. Nos EUA a única opção deverá ser o 1.6 turbo. O câmbio é manual de seis marchas no 1.0 e automatizado de embreagem dupla e sete marchas no 1.6, que também terá tração 4×4.

2018-hyundai-kona-3

A Hyundai anunciou que o modelo será oferecido em todos os mercados em que atua, o que pode incluir o Brasil. Contudo, com o Creta recém-lançado e já atuando como modelo de entrada, não parece haver posição no mercado brasileiro para o modelo — a menos que a Hyundai tente vender o Kona como um modelo premium, como faz a Renault com o Captur.

 

Honda Fit ganha facelift nos EUA. Será que chega ao Brasil?

2018_honda_fit_sport_001

A Honda apresentou a versão 2018 do Honda Fit nos EUA. O hatchback ganhou um facelift sutil que o deixou ligeiramente mais agressivo — especialmente na dianteira, onde a parte inferior do para-choques foi claramente inspirada no Civic Si atualmente vendido no Brasil. Na traseira o para-choques também foi redesenhado, ganhando um falso difusor de ar.

2018_honda_fit_sport_002

A motorização oferecida por lá continua a mesma, o 1.5 de 132 cv, que é combinado ao câmbio CVT ou a um câmbio manual de seis marchas. O pacote de itens de série que mudou, e agora o modelo passa a contar com o Honda Sensing, que é um conjunto de sistemas de segurança ativa, como controle de velocidade adaptativo com frenagem de emergência e assistente de permanência na faixa, além dos controles de tração e estabilidade.

É possível que as mudanças estéticas promovidas no modelo nos EUA acabem chegando ao Brasil, uma vez que a atual geração está chegando à metade de seu ciclo de vida e a Honda tradicionalmente atualiza o modelo para mantê-lo atualizado mais três ou quatro anos.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora