A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

O ápice do luxo americano: 10 supercarros do pré-guerra

O luxo americano mudou muito desde o fim dos anos 1970. Quando os anos 1980 começam, todas as três marcas restantes, Cadillac, Lincoln e Chrysler, eram uma sombra do que já foram. Vendiam até que bem, mas todos sabiam que para um público cada vez mais velho, agindo quase que por inércia de tempos de glória passados, e por puro patriotismo. Sim, patriotismo, pois somente isso faria alguém trocar um carro de luxo alemão, e em breve japonês, por uma ultrapassada e então ineficiente e cafona barca americana. Não foi sempre assim, claro; até 1970 os melhores carros de luxo do mundo ainda eram americanos, principalmente os Cadillac, o motivo de orgulho de uma empresa que então era a maior do mundo. Mas como sabemos, uma necessidade de mudança radical no estilo de seus automóveis nos anos 1970 fizeram a indústria americana entrar numa crise de pelo menos dez anos, e perder a liderança tecnológica em todos os carros que vendia. A exceção, claro, são as picapes grandes. Os americanos se

Matérias relacionadas

Model 40 Special Speedster, o hot rod de fábrica feito pela própria Ford

Dalmo Hernandes

Os 10 melhores Seven de todos os tempos

Marco Antônio Oliveira

Afinal, quanto o Porsche 911 cresceu de 1963 até hoje?

Dalmo Hernandes