A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo BMW Série 5, o novo Mercedes Classe E Coupé, o futuro incerto do M2 e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

BMW apresenta reestilizações de Série 5 e Série 6 Gran Turismo

Como de costume, após algumas semanas de teasers e imagens vazadas, as reestilizações dos BMW Série 5 e Série 6 foram reveladas oficialmente hoje (27). O atual Série 5 foi lançado em 2016 e o Série 6 Gran Turismo, em 2017 – portanto, chegou a hora de renová-los para que eles continuem atraentes.

 

Primeiro, vamos ao Série 5, vendido como sedã e perua. A dianteira ganhou novos faróis, mais afilados e com uma nova assinatura de LED em forma de L, além de uma grade ligeiramente maior – mas ainda longe do Série 7. Os LEDs, aliás, agora são de série em todas as versões, e faróis de laser são opcionais. As luzes de neblina agora são integradas aos faróis, como aconteceu com o Série 7. As versões Sport Line, Luxury Line e M Sport ganham novos para-choques que torna mais fácil distinguir entre elas, também com inspiração no Série 7.

Na traseira, as lanternas mantém o mesmo contorno externo, mas seus elementos internos agora contam com seções escurecidas e efeito tridimensional.

O lado de dentro mantém as formas praticamente inalteradas, mas ganha em sofisticação, com novo acabamento nas superfícies; e em recursos – agora, todas as versões vêm de série com o sistema multimídia BMW OS 7.0, que conta com uma tela de 10,25 polegadas no console central. Opcionalmente, o BMW Live Cockpit Professional troca esta tela por uma maior, de 12,3 polegadas – mesmo tamanho da tela do quadro de instrumentos.

Mecanicamente, todas as versões agora contam com um sistema híbrido leve de 48V, a fim de reduzir emissões para adequar-se aos novos padrões do EURO 6d-TEMP. Além disso, o Série 5 ganha a versão 545e xDrive, híbrido plug-in com potência combinada de 394 cv – quase 100 cv a mais que o atual 530e.

Já o Série 6 Gran Turismo ganhou uma atualização ligeiramente mais discreta – na dianteira, faróis e grade adotam novo desenho, com contorno mais marcado e, assim como no Série 5, uma nova assinatura de LED em forma de L. A traseira, contudo, traz lanternas praticamente iguais e uma mudança sutil no desenho da tampa traseira, que ganha dois pequenos vincos nas extremidades inferiores. O difusor no para-choque traseiro também foi levemente redesenhado, e agora as saídas de escape ficam em uma posição mais destacada.

Da mesma forma que no Série 5, o interior conserva a arquitetura usada anteriormente, mas ganha novo acabamento e equipamentos – incluindo a opção por detalhes em madeira e o sistema BMW OS 7.0. Diferentemente do Série 5, porém, todas as versões vêm de série com a tela central de 12,3 polegadas. E o Série 6 GT também adota um conjunto híbrido leve de 48V em todas as versões, independentemente da motorização a combustão.

Tanto o BMW Série 5 quanto o Série 6 GT renovados chegarão às concessionárias em julho, com preços ainda não confirmados. (Dalmo Hernandes)

 

Mercedes-Benz Classe E Coupe e Cabriolet também são renovados

A renovação dos carros alemães continua com o Mercedes-Benz Classe E, que teve as versões cupê e conversível reestilizadas, conforme divulgado ontem (26) pela fabricante.

De cara, percebe-se que a… cara de ambos os carros mudou – agora a grade tem formato trapezoidal, com a base mais larga que o topo (antes era o contrário) e os faróis ganharam novo contorno mais agressivo e ligeiramente afilado. As modificações na parte de trás são bem mais sutis – apenas novos elementos internos nas lanternas e um novo desenho para o para-choque traseiro.

O foco da Mercedes foram mudanças técnicas. Por dentro, a maior parte dos comandos físicos foi trocado por comandos sensíveis ao toque capacitivos – uma mudança controversa para quem quer operar os sistemas do carro de forma prática e intuitiva, mas interessante para quem valoriza mais tecnologia e luxo. Todas as versões recebem a nova versão do sistema multimídia MBUX, que inclui duas telas de 10,25 polegadas ou, como opcional, um par de telas de 12,3 polegadas.

O que realmente importa, porém, são as atualizações mecânicas. Os carros ganham versões atualizadas dos motores a gasolina e diesel, com deslocamento que varia entre dois e três litros e potência que vai de 195 a 367 cv, dependendo da versão. Todos os motores passam a contar com sistema híbrido leve de 48V. A grande novidade fica por conta das versões AMG E53, agora movidas por um motor 3.0 biturbo de 435 cv acoplado a um motor de partida capaz de acrescentar 20 cv à conta sob demanda. A força é transmitida para as quatro rodas através de uma caixa automática de nove marchas.

O Classe E renovado deve chegar às lojas nas próximas semanas, com um ligeiro aumento de preço ainda não especificado. (Dalmo Hernandes)

 

BMW M2 chega ao fim na Europa e tem futuro incerto

BMW M2 CS

A BMW confirmou os rumores de que seu esportivo M2 deixará de ser produzido ao fim deste ano na Europa. O modelo continuará vendido nos EUA e em outros mercados, porém sucumbiu às normas de emissões europeias, cada vez mais restritivas.

Segundo o site Bimmer Today, a decisão foi motivada pelo custo de atualização do motor S55 para as novas normas de emissões, visto que a próxima geração do modelo está prevista para daqui a dois anos — o que também significa que ela já está em desenvolvimento. Apesar disso, a BMW se recusou a comentar a possibilidade de o M2 ganhar um sucessor nesta nova geração.

A recusa em comentar o sucessor do M2 não significa que ele não existirá. Afinal, a BMW já tem um novo motor adequado às normas de emissões profiláticas da União Europeia no X3M e X4M, que será usado nos próximos M3 e M4. Tal como os B55 e S55 na atual geração, os novos B58/S58 poderiam equipar o próximo M2 em uma versão amansada, adequada aos novos padrões.

A BMW também tem a plataforma CLAR, usada no Z4 e nos demais modelos de tração traseira da marca. Isso, contudo, implicaria em um aumento no custo do Série 2 Cupê, que possivelmente o posicionaria ainda mais próximo do M4 (em termos de preço e refinamento), o que torna esta hipótese questionável, ainda que não inviável. A outra opção seria produzir um cupê baseado na plataforma UKL do Série 2 Gran Coupe, porém esta plataforma tem a limitação de suportar motores de até quatro cilindros, somente. E atualmente a BMW não tem um 2.0 turbo com a potência necessária para fazer frente aos modelos 45 e RS da AMG e Audi, por exemplo.

Há ainda uma terceira alternativa: o novo M4 ganhar um upgrade de potência para finalmente dominar o andar de cima — e por upgrade falo em 550 cv — e descolá-lo de um eventual M2 CLAR, mais refinado e mais caro. (Leo Contesini)

 

20% dos motoristas usa celular ao volante e 10% bebe antes de dirigir, segundo pesquisa

Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde com mais de 25 mil motoristas mostra que 20% dos motoristas brasileiros assume usar o celular ao volante, enquanto 11% afirma beber antes de dirigir. A pesquisa visa mapear os riscos de lesões de trânsito no país, e foram divulgados nesta terça-feira (26) pelo Ministério da Saúde. Ao todo, foram entrevistados 25.200 motoristas. (Leo Contesini)

 

Salão de Nova York de 2020 é cancelado por conta da pandemia

Depois de ser adiado para o mês de agosto, o Salão de Nova York de 2020 foi oficialmente cancelado. Os organizadores do evento dizem que não consideram prudente manter o Salão em 2020 dada a incerteza causada pela pandemia do novo coronavirus.

Originalmente marcado para abril de 2020, o Salão de Nova York acontecerá entre os dias 2 e 11 de abril de 2021, sendo que os dias reservados para a imprensa serão 31 de março e 1º de abril. (Dalmo Hernandes)

 

Matérias relacionadas

“Race Developed”: a história da mítica Yamaha RD350, a “Viúva Negra”

Dalmo Hernandes

É assim que você configura e personaliza seu Rolls-Royce

Dalmo Hernandes

Mercedes lança GLE Coupe em resposta ao BMW X6, Neymar vira navegador de Sébastien Ogier, os detalhes do Mini mais potente já feito e mais!

Leonardo Contesini