A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Dodge Challenger Super Stock de 818 cv, pinturas de corrida para o Corvette C8, Lamborghini Sián roadster e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Dodge Challenger SRT ganha versão Super Stock de 818 cv inspirada no Demon

O Dodge Demon veio ao mundo com uma única missão: conquistar almas vagando em busca de um carro que fosse politicamente incorreto em todos os aspectos. O carro era quase um acordo mefistofélico, que subiu à terra, fez seu trabalho e, depois de 3.300 unidades, voltou ao mundo das sombras.

Mas como seu inspirador, ele deixou sua marca sobre a terra: o maldoso Challenger SRT Super Stock. Ele não é o Demon, mas age como se fosse porque tem uma versão de 818 cv do motor Hellcat, também tem a carroceria widebody, o sistema de arrefecimento que usa o ar-condicionado (Power Chiller) e também vem calçado com pneus Nitto 315/40 especiais para arrancada, montados nas mesmas rodas do Demon.

 

Acho que os donos do Demon não gostaram muito disso, mas é o preço que se paga quando se assina esse tipo de contrato. Não é mesmo dr. Fausto? A Dodge jurou que não faria outro Demon, mas as letras miúdas não falavam nada sobre um carro parecido com o Demon. É por isso que ele não tem o transbrake, as rodas dianteiras de arrancada, a ECU para combustível de alta octanagem que dá ao Demon quase 850 cv, nem a suspensão de arrancada (que aumenta a transferência de peso para a traseira). Além disso, ele também tem isolamento acústico, banco do passageiro e banco traseiro — ambos com revestimento de couro.

E é por isso que ele não vai de zero a 100 km/h em menos de três segundos, nem completa o quarto-de-milha em 9,65 segundos. Mais pesado, menos potente e menos preparado para as arrancadas, o Super Stock vai de zero a 100 km/h em 3,5 segundos e precisa de 10,5 segundos para completar o quarto-de-milha. E a velocidade máxima é de “apenas” 270 km/h.

É claro que as preparadoras independentes já deram um jeito de replicar os componentes do Demon para qualquer Challenger Hellcat, então será possível transformar não apenas o Super Stock, mas qualquer Hellcat no Demon — ou em algo até melhor que o Demon. Mas aí ele não será mais um Super Stock, não é mesmo? (Leo Contesini)

 

Corvette terá pacote visual com pinturas clássicas

It’s time to earn some new racing stripes.

It’s time to earn some new racing stripes. Check back soon for news.

Posted by Corvette on Monday, July 6, 2020

Ainda teremos que esperar muito pelas versões mais radicais do Corvette — a previsão é que elas cheguem a partir de 2022, e do jeito que anda o mundo, ainda faltam quatro anos para isso acontecer. Enquanto isso, a Chevrolet parece estar preparando algumas novidades para manter o supercarro em alta depois do lançamento.

Nesta semana eles divulgaram um vídeo-teaser nas redes sociais mostrando algumas faixas de corrida e falando sobre “acrescentar o legado”, enquanto duas projeções de pinturas de corrida aparecem vistas de cima. Nos parece claro que a Chevrolet pretende dar ao Corvette pacotes estéticos inspirados em modelos do passado ou mesmo nas tradicionais pinturas básicas de corridas.

Duas pinturas exibidas no vídeo remetem às cores clássicas da Gulf Oil, mas, ironicamente, o Corvette nunca correu com a pintura azul e laranja — que fez história na rival Ford e no Camaro. Ironia dupla: é justamente a pintura azul e branca mostrada no vídeo que a Gulf usou nos dois Corvette de corrida que disputaram provas com seu patrocínio: Corvette Gulf Oil de 1962, e o Corvette Gulf One de 1963.

Considerando que também há uma combinação preta e vermelha e outra preta e amarela, é provável que a GM traga de volta o pacote Competition Sport, lançado para a sexta geração em 2009, mas alguma novidade deve aparecer nas próximas semanas. (Leo Contesini)

 

Volkswagen Gol e Voyage ganham itens de segurança para chegar à linha 2021

Depois do Fox, agora é a vez de o VW Gol e Voyage ganharem os equipamentos de segurança obrigatórios para poder permanecer em linha. Com isto, ambos ganham cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes, além dos sistemas Isofix e Top Theter para instalação de cadeirinhas infantis.

Sem surpreender, os preços de algumas versões também aumentaram. Os dois carros são vendidos em três versões diferentes, cada uma com uma motorização: 1.0, 1.6 manual e 1.6 automático. O Gol parte de R$ 51.520 com motor 1.0 três-cilindros de 84 cv e câmbio manual de cinco marchas. A versão 1.6 8v, de 104 cv, também com câmbio apenas manual, parte de R$ 57.600. Já o 1.6 16v de 120 cv com câmbio automático de seis marchas custa R$ 62.600. No caso do Voyage, os preços são de R$ 59.750 pelo 1.0, R$ 64.350 pelo 1.6 8v, e R$ 69.350 na versão 1.6 16v.

Acompanhando os irmãos está a VW Saveiro 2021. Ela já vinha com os cinco encostos de cabeça e cintos de três pontos, mas traz como novidade na linha 2021 a cor Azul Biscay, que até agora era exclusiva para Polo e Virtus GTS. Ela é vendida em quatro versões: Robust CS, de R$ 57.390; Robust CD, de R$ 71.590; Trendline CS, que sai por R$ 70.300; e Cross CD, que custa R$ 92.690. A Saveiro Cross é a única que vem equipada com motor 1.6 MSI de 120 cv, enquanto as outras têm o motor 1.6 8v de 104 cv. O câmbio é sempre manual. (Dalmo Hernandes)

 

Audi anuncia pré-venda de novos TTRS, RS4 Avant e RS5 Sportback

A Audi decidiu anunciar mais novidades em sua linha de esportivos. Dias depois de confirmar que RS6 Avant, RS7 Sportback, RSQ3 e RSQ8 estavam em pré-venda, agora a fabricante faz o mesmo com o TTRS, a RS4 Avant e o RS5 Sportback.

Os três carros já haviam sido reestilizados em 2019 lá fora, e agora chegam ao nosso País. O cupê TTRS  agora tem um para-choque de desenho levemente mais agressivo na dianteira, e segue equipado com o belíssimo cinco-cilindros turbo de 2,5 litros e 400 cv da família – o mesmo do RS3 e do RSQ3. O preço: R$ 419.990.

Já RS4 Avant e RS5 Sportback – sendo que este último vem se juntar ao cupê de duas portas – ganharam caixas de roda maiores, rodas de 20 polegadas e novo visual na dianteira, com faróis de LED inspirados pelos RS6 Avant e RS7. A mecânica é a mesma: motor V6 biturbo de 2,9 litros e 450 cv. A perua RS4 custa R$ 555.990, enquanto o RS5 Sportback sai por R$ 575.990.

De acordo com a Audi, os modelos já podem ser encomendados e personalizados com pintura e revestimentos internos à escolha do cliente. As entregas estão previstas para começar ainda em 2020. (Dalmo Hernandes)

 

Lamborghini apresenta teaser de provável Sián roadster

Mais um dia, mais um teaser de um novo Lamborghini. Mas, desta vez, a fabricante pode ter revelado antes da hora do que se trata o carro.

A foto foi publicada no Twitter, com a legenda “o futuro está aqui, e é diferente de tudo o que o mundo já viu até agora”. Mas a gente já viu esta pecinha em algum lugar:

Se você reparar no Lamborghini Sián FKP 37, que a empresa apresentou em setembro de 2019, vai notar que a traseira traz apêndices aerodinâmicos idênticos a esta peça. O que nos leva a crer que se trata de uma variante aberta do Sián, seguindo o roteiro já conhecido em Sant’Agata Bolognese.

Também pode-se deduzir que ele terá a mesma mecânica do Sián “comum”: uma versão de 775 cv do motor V12 de 6,5 litros da Lamborghini, mais um motor elétrico de 34 cv para chegar aos 819 cv – além de um supercapacitor para armazenar energia elétrica gerada pelas frenagens.

O tweet também revela a data de lançamento: 8 de julho, mais conhecido como “amanhã”, às 13h (horário de Brasília), através de uma live no canal da Lamborghini no Youtube. (Dalmo Hernandes)

Matérias relacionadas

Mais fraudes nos postos de combustível, McLaren P1 tem produção encerrada, Alemanha testará limites de velocidade nas Autobahnen e mais!

Leonardo Contesini

Um Subaru Impreza GT turbo original, um Chevette com interior Chateau, um Gol GL 1.8 muito inteiro e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Este VW Passat “Iraque” em fase final de restauração está à venda. E aí, encara?

Dalmo Hernandes