FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Porsche Cayenne Turbo GT, Subaru WRX 2022 ganha seu primeiro teaser (e será revelado neste ano), Mercedes-AMG GT Black Series chega ao Brasil já esgotado e mais!


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Porsche Cayenne Turbo GT, o mais rápido e potente já feito, é lançado

A Porsche revelou ontem (29) o novo Cayenne Turbo GT – e esse o nome oficial da variante mais rápida que o SUV já teve. E ele já chega com recorde em Nürburgring Nordschleife: o piloto de testes Lars Kern, que anda bastante ocupado recentemente, conseguiu virar 7min38s925 no circuito alemão. São cerca de 2,5 segundos a menos que o recordista anterior, o Audi RS Q8. Ao menos ficou tudo em família, porque a plataforma de ambos é a mesma.

 

O Cayenne Turbo GT está disponível apenas na carroceria “cupê” (que só tem esse nome por causa da traseira fastback, e não é um cupê de verdade, mas você provavelmente já sabia disso). Ele usa o conhecido motor V8 biturbo de quatro litros da Porsche, calibrado para entregar 640 cv e 86,6 kgfm – 90 cv e 8,1 kgfm de torque sobre o Cayenne Turbo normal. As mudanças são concentradas em virabrequim, pistões e bielas, bem como na ECU. O câmbio, claro, é o automático de oito marchas ZF 8HP, reprogramado para trocas mais rápidas. O sistema de tração integral também passou por algumas modificações – especificamente, um radiador extra para a caixa de transferência.

O conjunto leva o Cayenne Turbo GT de zero a 100 km/h em 3,3 segundos, com máxima superior a 300 km/h – é o primeiro modelo da família Cayenne a ultrapassar a marca. Vale lembrar que o Cayenne E-Hybrid, a versão mais potente do SUV, dispõe de 680 cv, mas é mais pesado e, por isso, tem desempenho inferior.

Mas as modificações no Cayenne GT Turbo não ficam apenas no motor. A Porsche também deu a ele suspensão 15% mais firme e 17 mm mais baixa. Além disso, os sistemas eletrônicos de controle do chassi receberam um software específico, totalmente voltado à performance. A aerodinâmica também é especialmente ousada, com destaque para o spoiler traseiro duplo, sendo que a parte inferior é móvel. As rodas são de 22 polegadas, com pneus Pirelli P Zero Corsa feitos sob medida.

Como de costume, a Porsche já disponibiliza o Cayenne Turbo GT em todo o planeta. No Brasil, ele está disponível para encomenda por R$ 1.199.000. Superlativo em tudo, afinal.

 

Subaru WRX 2022 tem primeiro teaser revelado e estreia ainda nesse ano

Depois da grata surpresa que foi o novo Subaru BRZ, a fabricante das Plêiades segue com boas novidades para os entusiastas. A mais recente é o primeiro teaser da nova geração do WRX, que será revelado ainda em 2021 como modelo 2022.

O WRX seguirá como modelo separado do Impreza, apesar de usar a mesma base. E, novamente, será um sedã de três volumes com um scoop grandão no capô. Dar a ele uma carroceria cupê que se afastasse demais de um sedã de família on steroids acabaria com sua personalidade. Só nosso 2 cents aqui.

Embora não existam informações oficiais, os rumores mais recentes dizem que o novo WRX usará o motor boxer turbo de 2,4 litros do Subaru Ascent, que entrega 260 cv. No WRX, estima-se algo mais próximo dos 300 cv. E a eventual versão STI, segundo os boatos mais otimistas, arranhará os 400 cv. Câmbio? Espera-se, na melhor das hipóteses, uma caixa manual de seis marchas com opção por uma caixa CVT com marchas simuladas. E tração integral, claro. Na pior das hipóteses, apenas o CVT será disponibilizado, mas seria uma pena.

De todo modo, até o fim desse ano saberemos tudo sobre o carro.

 

Mercedes-AMG GT Black Series é lançado no Brasil… e já está esgotado

O Mercedes-AMG GT Black Series pode ter perdido seu recorde de Nürburgring (e o pessoal lá em Affalterbach pode até ter ficado azedo por causa disso), mas os entusiastas continuam bem interessados nele. Até aqui no Brasil: o cupê esportivo foi anunciado nesta semana e, veja só, todas as unidades já foram vendidas.

Equipado com um V8 biturbo de quatro litros, o cupê esportivo mais nervoso da estrela de três pontas dispõe de 730 cv e 81,6 kgfm de torque, suficientes para levá-lo de zero a 100 km/h em 3,2 segundos com máxima de 325 km/h. O câmbio é de dupla embreagem e sete marchas, levando a força do motor para as rodas traseiras.

A Mercedes-Benz não revela quantas unidades foram vendidas no Brasil, e nem quanto cada uma delas custou – diz apenas que, seguramente, o GT Black Series é o AMG mais caro já vendido por aqui. Rumores dizem que foram “mais de dez unidades”, e que os valores foram negociados diretamente com a matriz na Alemanha. Considerando o preço de €335.240, estamos falando de R$ 1,99 milhão em conversãl direta. Sim, quase R$ 2 milhões.

 

Renault revela seu plano para carros elétricos nos próximos anos – incluindo novo hot hatch Alpine

A Renault decidiu falar sobre como será a transição para os carros elétricos nos próximos anos, confirmando o lançamento dos novos Renault 4 e Renault 5 como compactos de alto volume. Ambos serão inspirados em seus homônimos do passado, sendo que o primeiro será um crossover compacto e o segundo, um hatchback. Ambos com design retrô.

O crossover, aliás, será chamado Renault 4Ever, e a fabricante até revelou a silhueta de sua face dianteira. Podemos ver que a inspiração no Renault 4 clássico será bastante explícita, com os faróis arredondados emoldurados pela grade retangular, e o novo emblema da fabricante no centro.

A Renault também insinua que o 4Ever dará origem a um furgão à moda antiga, com a área de carga em um baú atrás do habitáculo – exatamente como o Renault 4 Fourgonette.

No caso do Renault 5, a novidade tem mais a ver com a Alpine. A marca, recém-promovida a divisão de performance da Renault, ficará com a tarefa de criar um hot hatch baseado no novo R5, a ser revelado pouco depois do próprio.

Na mesma apresentação, a Alpine divulgou um teaser com a silhueta do hot hatch, e também do novo Alpine A110 e de um misterioso grand tourer que, aparentemente, será um cupê de quatro portas. O novo A110 já está em desenvolvimento, e usará uma plataforma dedicada feita em parceria com a Lotus. Já o modelo misterioso parece algo feito sob medida para encarar Porsche Taycan, Audi e-tron GT e congêneres.

Sem dar detalhes técnicos, a Renault limitou-se a dizer que os novos elétricos de alto volume serão feitos sobre a nova plataforma CMF-BEV. E também afirmou que o plano será colocado em prática a partir de 2024.

 

Ford encerra sua divisão financeira no Brasil

A Ford anunciou nesta semana o encerramento das atividades da Ford Credit, sua divisão financeira, no Brasil e na Argentina. Na prática, isso significa que não se poderá mais financiar um carro através da própria Ford, e sim por meio de parcerias com outros bancos.

A fabricante diz que já busca alternativas para oferecer aos clientes a melhor forma possível de comprar seus carros, e também confirmou que o fechamento da Ford Credit custará, além de pelo menos US$ 375 milhões (cerca de R$ 1,8 bilhão em conversão direta), os empregos de parte dos funcionários. Não mencionou-se quantos desligamentos serão realizados.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora