A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

O que poderia ser melhor que um Audi RS2 Nogaro? Um Audi RS4 Nogaro!

Há exatamente duas décadas a Audi juntou-se com sua prima corporativa, Porsche, e fez a perua mais rápida do planeta, a RS2 Avant. Ela foi o primeiro modelo da linhagem RS da Audi e ficou famosa por seu desempenho semelhante ao dos melhores esportivos da época combinado com um visual matador, que incluía rodas Porsche e a bela pintura Azul Nogaro.

Para comemorar os 20 anos do RS2 Avant, Audi irá lançar uma edição especial de sua descendente direta, a RS4.  As mudanças se limitam a um acabamento interno especial e uma pintura exclusiva, mas não é preciso muito mais que isso para deixar a RS4 ainda mais especial.

ku-xlarge-2

Batizada de RS4 Nogaro, ela será pintada na mesma cor azul Nogaro perolizada que ficou famosa na RS2, e acabamento interno em preto com detalhes azuis como na antiga perua. Além disso, a grade também será diferente do padrão da RS4 — saem os cromados para entrar um acabamento todo preto, que também remete à grade da RS2.

ku-xlarge-4

Agora, se você sempre quis saber o que significa esse tal Nogaro que dá nome ao azul especial que faz a cabeça dos fãs das quatro argolas, a inspiração veio do circuito de Nogaro, na França, onde a Audi conquistou duas vitórias no Campeonato de Turismo Francês, no começo dos ano 1990.

ku-xlarge-3

Infelizmente, desta vez o motor não foi preparado pela Porsche, mas acho que ninguém vai reclamar de ter um V8 de 450 cv capaz de levar a perua aos 280 km/h (ou mais, sem o limitador). Agora, só falta a Audi repetir sua estratégia de 1994 e trazer para o Brasil algumas unidades dessa perua exclusiva, assim como ela fez com as 60 RS2 Avant que desembarcaram por aqui.

Matérias relacionadas

Golf R400 vai ser produzido… se a VW achar uma transmissão que aguente o torque

Dalmo Hernandes

Com 658 cv, Corvette Z06 é o Chevrolet mais potente da história

Dalmo Hernandes

Mini John Cooper Works GP: a evolução em três gerações

Dalmo Hernandes