A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Os carros de R$ 100 mil a R$ 120 mil mais legais anunciados no GT40

Salve, galera! Já recuperados do Carnaval? Legal, porque a gente acabou de separar mais uma lista quentinha de carros separados por faixas de preço, e agora a responsa é grande: estes estão entre os carros de R$ 100 mil a R$ 120 mil mais bacanas anunciados no GT40. Quer Pajero turbodiesel? BMW de 12 cilindros? Clássico americano preparado para arrancada? Pois tem tudo isto e mais!

Como de costume, é importante reforçar que esta é uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião – há uma razão por trás de cada escolha. E vale lembrar que alguns modelos podem estar um pouquinho abaixo ou um pouquinho acima da faixa estabelecida – temos que ser flexíveis, não?

Entendido? Então, bora lá!

img_165688_4_bfa3fab8-f2cf-4578-b66f-2b8260da0147

À primeira vista, olhando meio distraído, ele parece um Pajero TR4 comum, mas na verdade é um Pajero Full de três portas, fabricado em 2012. A principal diferença é a mecânica: enquanto o TR4 tem um 2.0 16v de 140 cv, a versão Full usava um quatro-cilindros turbodiesel de 3,2 litros e 200 cv. Este exemplar é muito bem equipado, com acabamento em madeira no interior, navegador por GPS no console central, câmera de ré e teto solar. A tração é integral com reduzida e, de acordo com o anúncio, o SUV tem 97.300 km rodados. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_75732_4_6b13bfd8-7df4-4d0d-b2d4-46f41c68d9c7

Este BMW Série 1 cupê pode não ser um 1M, mas continua interessante: trata-se de um 135i, com motor seis-cilindros turbo de três litros e 302 cv, acoplado a uma caixa automática (uma pena) de seis marchas. De acordo com o anúncio, a única modificação mecânica foi a instalação de um charge pipe de alumínio, pois o original de plástico costuma quebrar. O vendedor diz ainda que o carro foi todo revisado em maio de 2017, com troca de todos os fluidos, e que os pneus são novos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_177732_4_758acb22-ef2f-47ab-b96a-47752ffe1ac3

Este Mercedes-Benz A200 foi fabricado em 2016, e é equipado com um motor 1.6 16v turbinado de 156 cv e 25,5 mkgf de torque, acoplado a uma caixa de dupla embreagem e sete marchas. O conjunto é capaz de levar o hatch de zero a 100 km/h em 8,3 segundos, com máxima de 224 km/h. Segundo o anúncio, este exemplar tem apenas 27.000 km rodados. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_131968_4_df3b61fb-933a-4d10-8db1-706ef90c3f08

Fabricado em 2015, este BMW 120i já pertence à geração seguinte, pré-facelift (há quem diga que parece um angry bird). O motor é um quatro-cilindros turbo de dois litros e 184 cv, bem parecido com aquele utilizado pelo Mini Cooper, exceto que a força vai para as rodas de trás por uma caixa automática de oito marchas. A descrição se limita a dizer que o carro está impecável e, com 40.000 km rodados em três anos, é bem plausível que este seja mesmo o caso. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

 

CV18

Que tal um cupê com um boxer de seis cilindros na traseira, arrefecido a ar, que não é o Porsche 911? Esta é a descrição do Chevrolet Corvair, e este exemplar em especial tem motor de 2,4 litros 98 cv. De acordo com o anúncio, o carro foi “restaurado nos mínimos detalhes”, incluindo pintura, interior, motor e elétrica. O câmbio é manual de três marchas, com alavanca no assoalho. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_113676_4_f8e47abe-5c8d-4e1a-9e21-8a222d8bc13d

Se o que você busca é um sedã alemão distinto, discreto e potente, se liga neste BMW 750i. Fabricado em 2000, época em que o conceito de downsizing nem existia direito, ele tem um V12 de 5,4 litros debaixo do capô – o M73, com comando simples nos cabeçotes e 326 cv a 5.000 rpm além de 49,9 mkgf de torque a 3.900 rpm. O câmbio é automático de cinco marchas, e o carro é equipado com controle de estabilidade. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_84008_4_b2cfc0b5-49f3-4f50-90c3-a0f42bfac9b9

Outro Chevrolet importado, mas este é uma legítima barca americana: um Caprice 1991 equipado com um V8 big block GM Performance de nada menos que 509 pol³, ou 8,3 litros. Com um sistema de injeção programável FuelTech FT400, acertado para etanol, o sedã entrega nada meno que 600 cv e 100 mkgf de torque, moderados por uma caixa manual Tremec de cinco marchas. De acordo com o proprietário, o carro ainda tem diferencial JE-Force com blocante de 100% e pontas forjadas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_38504_4_65fa1e76-5867-43cb-b72e-a42802d1b5b3

Se você quer um Chevrolet V8 mas busca algo mais moderno, o Camaro da geração passada está começando a ficar interessante. Este exemplar fabricado em 2011, por exemplo: aparentemente é todo original, tem 37.880 km declarados e, como todo 2SS, é movido por um V8 de 6,2 litros com injeção multiponto, comando no bloco, 406 cv e 56,7 mkgf de torque acoplado a um câmbio automático de seis marchas. O atrativo é o preço: pouco mais de um terço do preço de um Camaro zero-quilômetro. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_31144_4_1351a9bb-9533-4acb-b505-642aa3ef6d33

Este não é o Fiat 500 Abarth que você está pensando, com tração dianteira e motor 1.4 turbo. Trata-se de um 500 Abarth clássico, equipado com o kit 695 SS, que aumenta o deslocamento do motor quatro-cilindros de 500 cm³ para 695 cm³ e a potência de 21 cv para 30 cv. Não parece muito, mas o pequeno Fiat pesa apenas 499 kg, o que garante muita desenvoltura. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_76576_4_0b8bdcf0-4f38-4179-aa08-94ab32574522

De acordo com seu proprietário, este Mitsubishi Lancer Evolution X está com um motor quatro-cilindros turbo novo, que “ainda não rodou 300 km”. Se feito nos padrões originais, estamos falando de 295 cv e 37,3 mkgf de torque, moderados por uma caixa de dupla embreagem e seis marchas com aleta para troca de marcha atrás do volante. O dono diz também que a bateria e os pneus são novos, e que estuda trocas. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_72620_4_5cf82a74-c779-4c67-828a-e288c65c0da7

Este é uma verdadeira raridade: um Ford Capri europeu, fabricado na Alemanha e comprado zero-quilômetro na Suíça por seu primeiro proprietário, de acordo com o anunciante. Ele diz ainda que o carro passou por uma restauração bastante abrangente em funilaria, pintura, exterior e mecânica, e que está “em perfeitas condições de uso”. Motor e câmbio foram mantidos na especificação original de fábrica – ou seja, o motor é um V6 de 2,6 litros e 125 cv. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_79388_4_a947b711-3568-4643-a874-b3558c55c325

Por fim, um Fiat conversível de tração traseira e visual para lá de agradável: este 124 Sport Spider, versão esportiva do carro que deu origem ao Lada Laika, equipada com um motor 1.6 com comando duplo no cabeçote e 90 cv, que movem pouco mais de 1.000 kg de carro. Com tração traseira, câmbio manual de cinco marchas e suspensão por braços sobrepostos na dianteira e eixo rígido com barra Panhard na traseira, nos parece um brinquedo bem divertido. Segundo a descrição do anúncio, o carro foi todo restaurado recentemente e está em ordem. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

Matérias relacionadas

America, f*ck yeah: o novo Yenko Camaro e o Chevelle com motor LT5 de 765 cv da Chevrolet

Dalmo Hernandes

Pegue sua Ferrari Testarossa e embarque no mundo do Retrowave

Dalmo Hernandes

Eurobeat: a história da música eletrônica que embala Initial D

Dalmo Hernandes