A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Os carros de rua dos pilotos de Fórmula 1 – parte 2

Para a maioria das pessoas comuns o carro escolhido para o dia-a-dia é, geralmente, algo racional e mundano, enquanto os Project Cars, antigos, esportivos e afins ficam reservados para os momentos de lazer. Mas imagine o dia-a-dia de um piloto de Fórmula 1. Os caras pilotam os carros mais avançados do planeta (ainda que eles já não sejam mais tão empolgantes para o público), passam dos 320 km/h com a mesma frequência que você chega a 50 km/h e ainda são bons de braço. Que tipo de carro empolga esses caras nos momentos de lazer? É o que veremos na segunda parte deste post (veja a primeira aqui).

 

Kimi Räikkonen

BxkCvydCYAEoU_b

Apesar do estilo de vida mucho loco do jovem Kimi, o sorridente tagarela finlandês tem uma garagem relativamente discreta para um piloto de Fórmula 1 campeão mundial. Segundo nossa apuração atualmente Kimi dirige apenas um Fiat 500 Abarth e uma moto fabricada sob encomenda para ele.

Kimi chegou a ter uma Ferrari Enzo, mas a vendeu quando foi sacado da Ferrari em 2007 (podemos até imaginar ele falando algo como “I don’t give a sh*t for this stupid red car”). Em certa ocasião Kimi também disse que seu primeiro carro foi um Lada, que “era um bom carro” pois “funcionava e era quente lá dentro”.

 

Daniel Ricciardo

golf-r (14)

Ricciardo está há pouco tempo na Fórmula 1, mas já conquistou uma legião de fãs com seu carisma (acentuado pelo sorriso permanente) e excelentes resultados na temporada de 2014, sua primeira na Red Bull. Apesar de ser um dos pilotos de ponta da categoria, ele ainda não recebe tanto dinheiro quanto os caras (cerca de 2 milhões de euros pela temporada 2014) e por isso mantém um estilo low profile para carros: recentemente, Ricciardo declarou que seu carro preferido é sua picape Toyota Hilux que fica na Austrália — sim uma picape Toyota.

imagegallery-43141-53723c63300b3

Mas Ricardinho também curte um belo esportivo. Quando não está em seu monoposto roxo e azul, nem em sua picape Toyota, Ricciardo dirige um belo Volkswagen Golf R — aquela versão esportiva com 300 cv, tração integral e tudo mais.

 

Mark Webber

2011-porsche-911-carrera_100337586_m

O outro australiano da Fórmula 1 recente (hoje no WEC, felizmente) tem um perfil mais arrojado que o do jovem sorriso. Desde a época da Red Bull, Mark Webber dirigia modelos Porsche quando não estava com os Infiniti que recebia por contrato. Agora como piloto da fabricante alemã, ele pode até posar com os carros.

webber1

Webber tem dois 911: um GT2 RS e um GT3 RS, ambos da geração 997. Quando precisa levar suas bikes por aí, ou andar pelos desertos australianos, contudo, ele adota uma solução semelhante à do seu camarada Daniel Ricciardo. Mas em vez de uma Toyota Hilux, Webber enche a caçamba de sua Nissan Frontier (que na Austrália se chama “Navara”) e cai na estrada.

721360-mark-webber

Composição: Adelaide Now

Além destes, Webber também tem um BMW M5 V10, um Renault Laguna de terceira geração e uma moto Yamaha Fazer. A moto talvez seja o item mais surpreendente, mas Webber contou ao jornal Adelaide Now que seu pai foi concessionário da marca japonesa por muitos anos, e por isso ele tem muita experiência com motos.

 

Nico Rosberg

yfc6z99lfna1vkgfqz1i

Apesar de ter começado a pilotar pela BMW, e ser filho de um piloto finlandês nascido na Suécia, Nico Rosberg faz questão de dizer que é alemão e de rodar com os carros da Mercedes. Atualmente ele tem uma belíssima seleção dos modelos AMG e Brabus, e até um dos maiores clássicos da marca na garagem.

4a7f4b19083e01c64e3b27360ea16160

Nico tem um SLS AMG Roadster, um GLK 350 (V6) para carregar coisas por aí, um Brabus e-Smart que deve ser ideal para circular despercebido em Mônaco e, por último, um 280SL “Pagoda” 1970, que foi restaurado pela própria fábrica.

 

Valtteri Bottas

hnjyv9qyuficxfhcdcsd

O companheiro de equipe de Felipe Massa ainda é iniciante na Fórmula 1 e, assim como Ricciardo, ainda não recebe as montanhas de dinheiro que os pilotos mais experientes recebem. Por isso, ele não tem uma super garagem (ainda) com supercarros dos sonhos. Em vez disso, Valtteri Bottas roda por aí com um “modesto” Mercedes-Benz C63 AMG cupê preto fosco. Será que faltou grana para um Black Series?

 

Fernando Alonso

61004595_alonso_meganecoupe

O espanhol bicampeão mundial também é discreto a respeito de sua garagem. Ele raramente é visto dirigindo por aí e posa apenas com os carros que ganha dos fabricantes para quem pilota. Na época da Renault seus carros eram os Mégane RS coupé.

idozz1hrnbza9jb4wxrk

Já na Ferrari, Alonso tinha uma 458 Italia branca, uma FF, um Maserati GranTurismo e um GranCabrio e, dizem, quando a Fiat comprou a Chrysler, Fernandino levou para casa um Grand Cherokee SRT8.

izmwkyduu47plksdxyrh

Desde 2015 o espanhol está na McLaren, que agora usa motores Honda. Ele já declarou estar apaixonado pelo Honda NSX em seu Twitter (aparentemente uma ação promocional da marca), mas como o carro ainda não está à venda, Alonso deve estar usando algum modelo da McLaren. Ou talvez um Accord…

 

Não viu a primeira parte da lista? Clique aqui para conferir!

Matérias relacionadas

A coleção de Ferrari de Albert Uderzo, o criador de “Asterix e Obelix”

Dalmo Hernandes

Flat-4: a história dos Porsche com motores de quatro cilindros

Leonardo Contesini

Como ultrapassar os 300 km/h sem precisar de um supercarro?

Leonardo Contesini