FlatOut!
Image default
Zero a 300

Os carros e marcas mais vendidos em 2021 // o novo carro de Gordon Murray // um novo Initial D e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Os carros e marcas mais vendidos de 2021 no Brasil

Nos anos 1980 o início da crise econômica colocou um sedã médio na liderança do mercado. Foi quando o Chevrolet Monza se tornou o carro mais vendido no Brasil por três anos consecutivos, antecedendo o reinado de 27 anos do Gol. Nestes tempos de crise econômico-sanitária, o mercado de automóveis também virou de cabeça para baixo. Em 2021, o carro mais vendido no Brasil não foi um hatch compacto, nem um popular e muito menos um sedã médio ou SUV. Foi uma picape: a Fiat Strada.

A picape, beneficiada pela versatilidade da nova geração e pela permanência da geração anterior em parte do ano, vendeu quase 110.000 unidades, superando com boa margem o segundo colocado, que foi o Hyundai HB20 com cerca de 86.500 unidades vendidas. O terceiro colocado foi o Fiat Argo, que ficou muito próximo do Hyundai, na casa das 84.650 unidades.

O top 10 também teve outro sinal dos tempos: a presença dos crossovers. Jeep Renegade, Jeep Compass e Hyundai Creta figuraram entre os mais vendidos do ano. O Renegade foi o mais popular deles, com quase 74.000 unidades, enquanto o Compass ficou logo atrás com 71.000 e o Creta mais abaixo, esbarrando nas 65.000 unidades.

Ainda no top 10 está a Fiat Toro, já habitué da lista há alguns anos, que ocupou a sétima posição em 2021 tornando-se a segunda picape mais vendida no Brasil. O desempenho de Jeep Renegade, Compass e da Fiat Toro mostram como a FCA, hoje Stellantis, acertou em cheio a estratégia no mercado local. O grupo tem nada menos que seis carros entre os dez mais vendidos, considerando também que o Fiat Mobi terminou o ano como o nono carro mais vendido no Brasil.

Se você está se perguntando sobre o Chevrolet Onix, antigo líder, ele terminou o ano na quinta posição, separando Renegade e Compass. O top 10 ainda é completado pelo Gol, o último carro de grande volume ainda oferecido pela Volkswagen, que fechou o ano como o oitavo mais vendido.

Os carros mais vendidos em 2021

  1. Fiat Strada – 109.107
  2. Hyundai HB20 – 86.455
  3. Fiat Argo – 84.644
  4. Jeep Renegade – 73.913
  5. Chevrolet Onix – 73.623
  6. Jeep Compass – 70.906
  7. Fiat Toro – 70.890
  8. Volkswagen Gol – 66.228
  9. Fiat Mobi – 65.847
  10. Hyundai Creta – 64.759

As marcas mais vendidas em 2021

  1. Fiat – 431.035
  2. Volkswagen – 302.270
  3. Chevrolet – 242.108
  4. Hyundai – 184.284
  5. Toyota – 172.945
  6. Jeep – 148.763
  7. Renault – 127.592
  8. Honda – 81.446
  9. Nissan – 64.929
  10. Caoa-Chery – 39.747
  11. Ford – 37.778

Com o desempenho de Strada, Argo e Toro, a Fiat se tornou a marca mais vendida no Brasil, tomando a posição que até 2020 pertencia à Chevrolet. Esta, aliás, caiu para a terceira posição, pois a Volkswagen também a superou com o bom desempenho de sua linha de crossovers. Isso, porque apesar de não ter um grande sucesso de vendas, a Volkswagen tem um desempenho razoável em alguns segmentos e oferece um número maior de modelos. Ela teve o Fox por boa parte do ano, tem Gol, Voyage e Saveiro, Polo e Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Amarok e Tiguan, todos carros de volume considerável.

A Hyundai segue consolidada como a quarta maior fabricante no Brasil, seguida pela Toyota, que mantém a liderança dos sedãs médios e teve um excelente desempenho com o Corolla Cross. Um destaque negativo foi a Ford, que com o fechamento das fábricas e algumas concessionárias, teve uma queda de quase 73% no seu desempenho de vendas, passando de quinta maior fabricante para 11ª, depois de vender pouco mais de 37.000 veículos ante os quase 140.000 de 2020. (Leo Contesini)

 

T.33: mais um carro de Gordon Murray

A Gordon Murray Automotive anunciou o lançamento de um novo modelo, o T.33, em 27 de janeiro. Será um “Supercarro GT”, juntando-se aos supercarros T.50 e T.50s Niki Lauda em sua gama. Embora a empresa não tenha dado detalhes oficiais sobre as especificações, se sabe que o modelo será equipado com o motor V12 de 3,9 litros desenvolvido pela Cosworth.

O nome T.33 sugere que ele será posicionado abaixo do supercarro T.50, que custará a bagatela de US $ 3,1 milhões, e ainda não está pronto. Possivelmente, terá também um preço mais baixo. No comunicado à imprensa, o modelo foi descrito como o “melhor Supercarro GT do mundo”, o que quer que isso signifique. Talvez uma configuração de suspensão mais confortável, mais luxos e mais espaço dentro da cabine? Algo para competir com o “barato” McLaren GT? Impossível dizer ou ter certeza, além de uma configuração de três lugares com o motorista no meio, mais a frente. A única imagem oficial mostra só o logotipo…

O T.33 será produzido na nova sede global e campus de tecnologia da empresa, que será construído em breve em Windlesham, Surrey, com um investimento de £ 50 milhões. As instalações abrigarão a fabricação, o projeto, a P&D, as vendas aos clientes e a manutenção dos carros, além de uma pista de teste que será concluída antes do final do ano. Assim, a maior parte do trabalho de desenvolvimento do novo modelo ocorrerá no Highams Park.

Gordon Murray declarou: “Teremos muitos marcos importantes para nossa nova sede nos próximos dois anos. Mas um dos mais importantes será no dia 27 de janeiro, quando revelarmos o primeiro veículo a ser fabricado lá. Estamos todos extremamente animados por revelar um carro tão importante para o mundo em apenas três semanas a partir de agora.” (MAO)

 

Releitura moderna de Initial D prometida para 2023

O animé e o mangá Initial D dispensam apresentações: introduziram a cultura do drift no ocidente, e nos apresentaram um jovem entregador de tofu fresco imbatível nas montanhas com seu Toyota AE86. Um clássico, e um ícone cultural.

Agora, a sequência MF Ghost está a caminho das telas. Um novo teaser oferece uma prévia da série de animação que estreia em 2023. MF Ghost move o cenário da história para o futuro próximo de 202X. Carros autônomos agora são a norma no Japão e apenas algumas pessoas realmente dirigem por conta própria. Neste tempo, o piloto Kanata Rivington se forma numa escola de corrida na Grã-Bretanha e retorna ao Japão. Ele dirige um Toyota GT86 vermelho contra uma variedade de veículos, incluindo Porsche, Ferrari e Lamborghini, enquanto drones seguem cada um deles.

De acordo com o texto promocional, os criadores estão gravando o som real de cada veículo para ter certeza de que o áudio está correto. Como no Initial D, os carros são de animação gráfica, mas a tecnologia aprimorada desde o início dos anos 2000 significa que eles são muito mais detalhados, apesar do estilo próprio que evoca o original.

O teaser, como vocês podem ver, parece divertido. Mas a gente fica pensando aqui como vai se justificar um GT86 vencendo um Lamborghini ou Ferrari em uma corrida. A ver. Aparentemente existe um mangá MF Ghost desde 2017, e o 13º volume acabou de sair em 6 de janeiro de 2022. Uma boa notícia somente se você lê japonês. (MAO)

 

Data de lançamento do Tesla Cybertruck é agora uma incógnita

Ao final de 2019, todo mundo ficou surpreso com o desenho totalmente diferente de picape mostrado pela Tesla com o nome de Cybertruck. Mas o mais espantoso mesmo foi a promessa de colocá-lo em produção até o fim de 2021. A empresa falava tão sério que tomou um número recorde de depósitos para garantir um lugar na fila de seu novo e fantástico produto que parecia vir do espaço sideral.

Como 2021 acabou e o carro ainda não apareceu à venda, a Tesla informou que a produção iniciaria agora em 2022. Mas recentemente, informações de data de lançamento foram retiradas do site da empresa, e ninguém sabe dizer quando vai acontecer.

Não é nenhuma surpresa: especialistas duvidaram que o desenho fosse até possível de ser produzido, e atender as normas vigentes para venda ao público. E a empresa tem história nisso: o novo Tesla Roadster também parece ter morrido, apesar de depósitos serem feitos no anúncio do futuro modelo em 2017. Sim, cinco anos atrás.

A Tesla ainda está aceitando depósitos reembolsáveis de U$ 100 para o Cybertruck. De acordo com o site da empresa, o preço começa em U$ 39.900 para o modelo Single Motor RWD, que supostamente oferece mais de 400 km de autonomia e atinge 96 km/h em menos de 6,5 segundos. O modelo Dual Motor AWD custa a partir de U$ 49.900, tem autonomia de 480 km e 4,5 segundos para chegar a 96 km/h. O Tri Motor é o modelo mais caro, a partir de U$ 69.900, e oferece autonomia de 800 km e 2,9 segundos no 0-96 km/h.

Picapes elétricas são a nova febre das empresas nos EUA, modelos tradicionais da Chevrolet e Ford já mostrados ao público, bem como a Rivian, e o novo Hummer da GM. Mas todos eles não são absurdos em desenho, e, portanto, mais fáceis de se tornar realidade. Parece difícil o novo Tesla aparecer antes de 2023, o que seria um atraso de dois anos. Veremos. (MAO)

 

Toyota está preparando um novo GT3 e um novo GR Yaris

O Tokyo Auto Salon começa na semana que vem, mas a Toyota já começou o trabalho de divulgação dos lançamentos que ela preparou para o evento. Além do buzz gerado pelo novo Initial D, a fabricante lançou um teaser com dois dos carros que pretende levar ao Salão: um novo GR Yaris e um novo modelo de GT3, que não se parece muito com um Supra GR.

O GR Yaris parece ser uma versão ainda mais radical do hot hatch, voltada para as pistas. O modelo já vem sido visto em Nürburgring desde 2021 e é descrito pela Toyota como “o GR Yaris totalmente preparado”. A foto, apesar de não mostrar muito, revela que ele tem um novo capô ventilado, uma spoiler traseiro maior e um novo para-choques dianteiro, com canards e um splitter mais pronunciado.

Ainda não há detalhes sobre o “totalmente preparado”, mas especula-se que ele terá uma versão mais potente do motor 1.6 turbo de três cilindros que atualmente equipa o Yaris GR. Há relatos sobre a possível adoção de um sistema híbrido, inspirado no GR Yaris Rally1 que irá competir no WRC neste ano.

Já o GT3 é ainda mais misterioso, pois ele parece diferente do atual Supra GR de pista. Ele certamente terá uma configuração mecânica de motor dianteiro e tração traseira pelas proporções apresentadas – capô longo e traseira truncada. Outro ponto de intriga é o conjunto de LED, que não é usado por nenhum outro carro. A Toyota o define como “um conceito voltado para as corridas, que incorpora o conhecimento e as tecnologias refinadas que a Toyota Gazoo Racing adquiriu no automobilismo”, então ele deverá ser um modelo conceitual como o GR Super Sport.

Os dois carros serão apresentados na próxima sexta-feira (14), que é o dia da imprensa no Tokyo Auto Salon.


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicos, histórias de carros e pilotos, avaliações e muito mais!

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$ 26,90 / mês

ou

Ganhe R$ 53,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. Acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

R$ 14,90 / mês

ou

Ganhe R$ 29,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.