FlatOut!
Image default
Cinema

Os carros em “The Matrix”

Poucas coisas são absolutamente uma certeza indiscutível neste mundo. Mas essa é: qualquer filme de sucesso será revisitado algum dia, em outro filme. Uma regravação, uma reinterpretação, uma continuação, um prelúdio, ou uma história diferente que ocorre no mesmo universo apresentado anteriormente; não importa: se foi sucesso, voltará. Meio como acontece naquela outra indústria que conhecemos bem, a do automóvel. Criatividade e genialidade são legais e tal, mas o que os acionistas querem mesmo é uma maneira bem garantida de imprimir grana no maior volume possível. Mais daquele SUVzinho de tração dianteira e CVT que custa o mesmo que um hatch pequeno para produzir, mas que pode ser vendido com preço de Mercedes. Mais uma edição especial, uma variação de investimento pífio mas volume limitado daquele carro esporte caro, para ser vendido a preço milionário para crescente população bilionária do mundo, que literalmente não sabe mais onde enfiar tanta grana. Ganhar dinhei