A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

Os diferentes cavalos de potência e suas formas e padrões de medição

Se você pegar a ficha técnica do Opala SS e der uma olhada na linha que indica a potência do 250-S, encontrará 171 cv. Isso se a ficha tiver mais de 40 anos. Se ela for mais recente, a potência será 153 cv. E se ela for escrita em inglês para o público estrangeiro, a potência será 151 hp. Confuso, não? E todos estes números estão corretos — eles só foram obtidos de formas diferentes. Sim, há diversas formas de se medir a potência de um motor. Há padrões diferentes que resultam em números diferentes, e há a questão da diferença entre as traduções das unidades de medida, que podem confundir ainda mais. Para entender as diferenças entre os modos de medição de potência e por que eles produzem números diferentes, precisamos voltar ao início do século 18, quando os motores a vapor começaram a se popularizar como substitutos do trabalho dos cavalos. As pessoas não tinham uma referência da capacidade daquelas invenções, então era preciso uma forma de comparar a capacidade

Matérias relacionadas

Up TSI é lançado como opção de R$ 3.100 para toda a linha: saiba tudo sobre o motor turbo (e conheça o Speed Up!)

Juliano Barata

Respondemos tudo o que você queria saber sobre gasolina e etanol

Leonardo Contesini

Uma introdução técnica aos pneus: estrutura e dinâmica

Juliano Barata