A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Design Automotivo Zero a 300

Os melhores exemplos da fina arte de se fazer uma Ferrari retrô

Há algumas semanas, como você provavelmente já viu aqui no FlatOut, a Ferrari apresentou uma belíssima dupla: as Ferrari Monza SP1 e SP2. São duas interpretações da mesma ideia: usando como base a 812 Superfast e seu V12 de 6,5 litros, a Ferrari criou duas barchettas retrô inspiradas em diferentes ícones do passado da marca – mais notadamente, as Ferrari 750 Monza e 860 Monza, que foram construídas e colocadas para competir entre 1954 e 1956. A SP1 é uma monoposto, com espaço para apenas uma pessoa e o espaço onde ficaria o carona coberto pela carroceria (o que sem dúvida contribui para sua eficiência aerodinâmica). Já a SP2 tem dois lugares, mas é praticamente idêntica em todo o resto. Chamar as Ferrari Monza SP1 e SP2 de "retrô" pode ser exagero à primeira vista: ambas são decididamente contemporâneas em seu estilo. Mas, embora estejam separadas por mais de seis décadas, todas as Ferrari Monza (as dos anos 50 e as de hoje) têm

Matérias relacionadas

Gemballa no Brasil, BMW M5 ganha versão de despedida, erro em radar produziu 17.000 multas em SP e mais!

Leonardo Contesini

Corvette C8: dissecamos todos os detalhes técnicos do novo supercarro americano

Golf e Quantum Syncro: quando a VW decidiu apostar na tração nas quatro rodas

Dalmo Hernandes