A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Os melhores hot hatches do universo: Shelby GLHS

Hot hatches são máquinas tipicamente europeias. Enquanto os americanos tinham seus muscle cars para acelerar nas longas retas do deserto, na Europa os entusiastas curtiam as estradinhas sinuosas e estreitas ao volante de seus hatchbacks apimentados. E então um texano criador de galinhas aparece e mistura tudo fazendo um hot hatch nos Estados Unidos em plena década de 80! Se você é dos nossos, já deve ter sacado do que estamos falando. Se não, sem problemas: era o Shelby GLHS. Na verdade o Shelby GLHS é um fruto da crise do petróleo que se abateu sobre os EUA em meados da década de 1970. Em 1978 a Chrysler introduziu ao mercado a plataforma L-Body —  ironicamente, desenvolvida na Europa pela Simca, que foi uma divisão da Chrysler até 1977, antes de ser comprada pela Peugeot. Antes de deixar o grupo Chrysler, porém, a Simca deixou a plataforma L-Body para sua ex-dona. Talbot Horizon, o Dodge Omni Francês. Nesta imagem dá para notar a semelhança com o Golf de primeira geração, esp

Matérias relacionadas

Este Fiat 147 Turbo com 250 cv é quase um sleeper | FlatOut Street

Dalmo Hernandes

O que significam os nomes dos carros? – parte 4: os brasileiros

Dalmo Hernandes

“Le Mans”: quando Steve McQueen quase foi expulso do próprio filme por ser teimoso demais

Dalmo Hernandes