A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Papo gearhead: confira os melhores comentários da semana no FlatOut!

Bem vindos a mais uma edição do Top Comments do Flatout, a seção que compila em um único post as melhores pérolas proferidas por nossos estimados leitores, só para animar seu domingão!

Novamente a veia cômica da galera foi destaque, mas o ranking também teve espaço para conversa séria e, por que não, alguns elogios ao site — sinal de que estamos no caminho certo. Mas chega de papo e vamos aos comentários!

 

10º lugar – 35 votos – Renato

Em nosso post sobre o programa Clienti Corse, no qual os clientes VIP da Ferrari têm a chance de comprar carros de corrida da Scuderia e colocá-los na pista em track days seletíssimos em todo o mundo, o leitor Renato fez uma reflexão interessante sobre a realidade dos multimilionários e as aspirações de pessoas menos ricas que eles:

Captura de Tela 2015-10-11 às 17.05.35

Não é viagem não, Renato. É realmente algo que raramente paramos para pensar a respeito. É mais ou menos como aquele post sobre o perfil do comprador do Bugatti Veyron. É outro planeta.

 

 

10º lugar – 35 votos – Japonês Voador

Não foi erro de digitação: tivemos dois décimos lugares hoje, e o segundo é do Japonês Voador, que curtiu o trocadilho com o nome do robozinho da Toyota, o Kirobo.

Captura de Tela 2015-10-11 às 17.05.07

E isso que só falamos no câmbio! Nem mencionamos IPI, IMCS, imposto de importação, frete, tempo de espera na central de Curitiba…

 

9º lugar – 36 votos – Thiago CV

Este é polêmico — e como não ser quando se coloca política no meio? Nós sempre evitamos ao máximo discussões políticas por aqui, mas regras são regras e o nono mais votado foi o desabafo do leitor Thiago CV diante da “regulamentação” do Uber em São Paulo:

Captura de Tela 2015-10-11 às 18.02.11

 

8º lugar – 40 votos – Japonês Voador

O segundo comentário do Japonês Voador nesta lista não diz respeito ao post no qual foi publicado (esse nosso fórum que não sai nunca, né?), mas conta uma história muito bacana sobre donos de supercarros e gentilezas com futuros entusiastas:

Captura de Tela 2015-10-11 às 16.51.10

É uma bela lição. Quando você não se importa em “compartilhar” a beleza e o significado do seu carro com outros entusiastas, você pratica um gesto simples, mas que tem um significado muito superior: além de realizar o sonho de alguém, você também ajuda a manter viva a chama entusiasta.

 

 7º lugar – 41 votos – Ao Seu

O leitor Ao Seu, que começa o deboche já no seu username, não deixou escapar a chance de zoar os “disfarces” que os fabricantes usam em seus protótipos de testes:

Captura de Tela 2015-10-11 às 16.59.34

Pois é… a BMW tem não uma, mas duas assinaturas de design: a grade “duplo rim” e o Hofmeister Kink, aquela curva nos vidros laterais traseiros que todo Bimmer produzido nos últimos 50 anos ostenta. Como eles disfarçam o carro? Cobrindo o logotipo circular…

 

6º lugar – 43 votos – june june

Já dizia Albert Einstein: “Não existem limites para a estupidez humana e para a zoeira na internet”. O sétimo comentário mais votado nessa semana é a zoeira da zoeira:

Captura de Tela 2015-10-11 às 16.59.11

Sim: alguém teve o trabalho de enxertar a dianteira de um Astra em um Escort, e outro alguém tentou zoar o amigo fazendo um anúncio falso no Facebook (o “Ford Astra” tem placas do Paraguai). O leitor só compartilhou a zoeira para garantir que ela não tenha limites mesmo.

 

5º lugar – 44 votos – Eduardo Rodrigues

Talvez alguns de vocês não saibam, mas um dos nossos leitores é fundador de uma seita igreja que glorifica a vinda da Chevrolet ao mundo e tem como profeta maior Bob Lutz (o cara que criou esses carros). Logo, a notícia de que a GM está lançando uma coleção oficial de miniaturas dos seus clássicos deve ter soado como uma aparição de Nossa Senhora a três crianças. O problema foi quando o beato gravateísta descobriu o preço:

Captura de Tela 2015-10-11 às 16.48.56

Nossa dica, Eduardo: converta-se ao automobilismo de sofá.

 

4º lugar – 48 votos – Cláudio Abreu

No post sobre os preconceitos do trânsito, o comentário mais votado foi um relato bacana do Cláudio Abreu que exemplifica o que acontece quando olhamos mais para os condutores e menos para os carros:

Captura de Tela 2015-10-11 às 17.11.51

Essas atitudes talvez sejam exceções, talvez sejam uma regra que não percebemos, mas que mostram que o trânsito não precisa ser humanizado, pois ele já é feito por humanos. O que precisamos mesmo é lembrar que somos humanos em máquinas e que todos temos necessidades e estamos sujeitos a erros e que a “paz no trânsito” deve começar por nosso próprio comportamento.

 

3º lugar – 53 votos – Black Cat Dj

Na lista de versões legais que mudaram nossa percepção sobre carros sem sal, o leitor Black Cat Dj lembrou de um dos carros mais rápidos do planeta: o Fiat Mille com escada no teto:

Captura de Tela 2015-10-11 às 17.03.06

E esse nem é dos mais rápidos: vocês precisam ver o que acontece quando você cola o adesivo do FlatOut no carro (+4cv) e na escada.

 

2º lugar – 78 votos – Dan

Ao ver o Lexus Origami, o carro feito de papelão movido por um pequeno motor elétrico, o leitor Dan aproveitou para zoar o Chevrolet Celta, a segunda plataforma mais antiga em produção no Brasil atualmente:

Captura de Tela 2015-10-11 às 16.59.01

Sacanagem, Dan… o Celtinha pode estar velhinho, mas ele ainda é bom de chão. Nosso alvo seria um outro carro: o Effa M100 — o china que quase matou o Barata (um dia ele conta a história).

 

1º lugar – 110 votos – Jalazio

Depois de quatro semanas emplacando seus comentários coloridos e animados, o leitor Jalazio chegou ao topo nesta semana com um comentário sobre os comentários — e que rendeu muitos comentários:

Captura de Tela 2015-10-11 às 17.07.57

Se vocês é que estão dizendo…

 

Matérias relacionadas

Adeus, Impala! Relembre as melhores versões do ícone americano

Marco Antônio Oliveira

A maior coleção de Hot Wheels do planeta parece ter saído dos nossos sonhos de infância – e vale mais de R$ 6 milhões!

Dalmo Hernandes

Os 25 anos da Audi RS2 Avant: uma campanha genial – e um comercial inédito

Dalmo Hernandes