A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo programa de Jeremy Clarkson não se chamará Gear Knobs, Alfa Giulia de quatro-cilindros é flagrado em vídeo, McLaren lança homenagem à Can-Am e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

 

Jeremy Clarkson descarta o nome “Gear Knobs”

JC-1

Lembra quando dissemos que o novo programa de Jeremy Clarkson, Richard Hammond e James May poderia se chamar Gear Knobs? Parecia uma boa sacada: soa bem, tem um trocadilho tipicamente britânico e ainda mantém a palavra “gear”, à qual nos acostumamos em quase 15 anos da segunda geração do programa.

Sim, parecia, no pretérito imperfeito, pois o próprio Jeremy Clarkson usou sua conta no Twitter para dizer que o programa não terá esse nome. Foi bom ter dito isso a tempo, antes que nos acostumássemos com o suposto nome. Desta vez ele não deu nenhuma dica sobre o novo nome, e se querem sabe nossa opinião, eles devem estar evitando qualquer relação com a palavra “gear”. Você sabe, para não ficar com cara daquelas bandas que não souberam se aposentar e tentam emular o sucesso do passado.

 

Versão básica do Alfa Giulia é flagrada na Itália

Até agora a Alfa Romeo só mostrou a versão mais fodástica de sua nova Giulia, aquela mais rápida que o BMW M4 em Nürburgring e equipada com um belíssimo V6 sobrealimentado com mais de 500 cv. Mas essa não será a única versão do sedã italiano. Ele também terá versões mais mundanas, com para-choques comportados, rodas menores e até mesmo maçanetas pretas.

É isso o que mostra esse flagra de Dugoni Marco, que filmou o carro em testes pela Itália. Apesar do visual mais comportado, ele ainda parece bastante elegante. Considerando as luzes de posição laranja, este pode ser um modelo na versão americana, o que também elimina a possibilidade de que ele seja movido a diesel, como diz o autor do vídeo. É mais provável que se trate de uma versão quatro-cilindros, talvez com o motor 1.75 do 4C em uma configuração mais amansada.

 

McLaren mostra 650S inspirado em protótipo da Can-Am

A McLaren revelou uma nova edição limitada do seu 650S. Batizada 650S Can-Am, o modelo foi criado para comemorar os 50 anos do primeiro título da equipe de Bruce McLaren na Can-Am, a antiga categoria de protótipos norte-americana que a McLaren dominou com cinco títulos consecutivos entre 1967 e 1971, fazendo seu nome nas pistas.

Serão produzidas somente 50 unidades da edição especial, que será baseada no 650S e terá detalhes exclusivos como teto retrátil de carbono e escape com quatro saídas — além da pintura especial, claro. A potência permanece nos 650 cv e o torque em 69 mkgf, suficientes para que o McLaren chegue aos 100 km/h em três segundos e vá aos 328 km/h.

 

 

Vendas de importados caem 45% em setembro

Land-Rover-Range-Rover-Evoque-Autobiography

Embora as marcas de luxo estejam se mantendo, os importados em geral estão em queda livre. Segundo a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, em setembro somente 4.461 automóveis e comerciais leves importados foram vendidos — uma queda de 43,4% em relação ao mesmo período de 2014. 

Em relação a agosto o número se manteve estável (foram 4.463 unidades no mês passado), mas o volume acumulado desde o início deste ano, o número de vendas é 31,8% menor que no mesmo período de 2014 — são 47.108 unidades em 2015 contra 69.081 de 2014.

Segundo a ABEIFA, não há sinais de reação em médio prazo pois a confiança do consumidor continua abalada e a variação cambial afeta diretamente os valores dos carros.

 

Infiniti Q50 volta a ser flagrado no Brasil

InfinitiQ50SFLatout

A Acura desistiu de vir ao Brasil e a Lexus fechou sua única concessionária no Brasil, mas aparentemente a Nissan continua com seus planos para a Infiniti por aqui. Ao menos é o que imaginamos ao descobrir que o sedã Q50 S ainda está sendo testado pela marca no Brasil. Ele já havia sido flagrado em testes no final de junho, mas agora voltou a dar as caras.

Com 4,78 m de comprimento, 2,85 m de entre-eixos, 1,82 m de altura e 1,44 m de altura, o sedã é concorrente de Mercedes-Benz Classe C, BMW Série 3, Audi A4, Volvo S60 e Lexus IS. Com motor 3.7 V6 com bloco e cabeçote de alumínio, o carro conta com 333 cv a 7.000 rpm e 37,2 mkgf a 5.200 rpm. As rodas de aro 19 não deixam dúvidas quanto à versão.

InfinitiQ50Flatout

O plano era que os carros da marca estivessem à venda no Brasil desde o ano passado. Mesmo que o mercado esteja em queda, modelos de luxo continuam apresentando bom desempenho.

 

Fiat ressuscita o nome Tipo

150521_Fiat_progetto-aegea_01

Não é novidade que a Fiat irá abandonar o difícil nome AEgea para seu novo sedã para chamá-lo de Egea. O que não se sabia é que esse nome será adotado somente na Turquia. Nos demais mercados da Europa, Oriente Médio e África ele terá um nome bem mais familiar para nós: Tipo.

150521_Fiat_progetto-aegea_02

Sim, o nome Tipo, que é usado pela Fiat desde a criação da marca, irá retornar batizando o novo sedã, que será oferecido com motores de 95 a 120 cv. O Fiat Tipo foi projetado na Itália e desenvolvido na Turquia, onde também será fabricado. Ele será vendido em mais de 40 países e terá versões hatchback e perua.

No Brasil, ele ainda é incerto, mas nosso palpite é que a probabilidade de ele vir é baixa.

Matérias relacionadas

Hennessey leva o Camaro “The Exorcist” aos 350 km/h, Rota 2030 será anunciado “nos próximos dias’, o fim dos Porsche diesel e mais!

Leonardo Contesini

Ford Indigo: o clássico de Need for Speed II que emprestou seu motor V12 para a Aston Martin

Dalmo Hernandes

V8, biturbo, 650 cv e tração integral: este é o Lamborghini Urus

Leonardo Contesini