A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top

Pequenos frascos, grandes venenos: os melhores esportivos em miniatura já feitos – parte 2

Há alguns dias começamos aqui no FlatOut um especial sobre grandes venenos em pequenos frascos – esportivos minúsculos, porém valentes. Não tivemos um motivo especial para fazê-lo. Apenas nos sentimos saudosos pelos carros compactos, leves e ágeis do passado, cada vez mais raros. Não falamos de carros simplesmente pequenos, como o Uno Turbo, o Ka XR ou o Golf GTI MK1. Falamos de carros realmente pequenos. Na maioria deles, o motor não chega aos 1.000 cm³ – no caso dos kei cars, não passa dos 660 cm³. Alguns têm menos de 50 cv, e alguns mal passam dos três metros de comprimento. Em todos eles, o fator diversão certamente tem proporção inversa ao tamanho. E alguns até nos deixam meio tristes por estarem tão distantes – no tempo e no espaço.   Honda Beat O primeiro item da primeira parte desta lista foi um Honda, o S500, de 1963 – que, como comentamos, foi o segundo automóvel (e o primeiro modelo de passeio) desenvolvidos pelos japoneses, que antes disto só fa

Matérias relacionadas

Os motores de aspiração natural mais icônicos entre os esportivos – parte 2

Dalmo Hernandes

Estes carros incríveis foram feitos usando madeira

Dalmo Hernandes

Os melhores carros de tração traseira da Alfa Romeo

Leonardo Contesini