FlatOut!
Image default
Aviões

O piloto que desviou de seis mísseis na Guerra do Golfo


Top Gun: Maverick foi lançado há pouco mais de 30 dias e só preciso destas quatro semanas e meia para se tornar o filme mais bem-sucedido de 2022. Desde sua estreia, em 27 de maio, Top Gun: Maverick já foi visto por mais de 60.000.000 de espectadores, com uma bilheteria de US$ 1.060.000.000 até agora! Vou escrever por extenso para não ter confusão: um bilhão e sessenta milhões de dólares, fazendo dele um dos 50 filmes mais rentáveis de todos os tempos. Nem poderia ser diferente. Afinal, Top Gun: Maverick combina nostalgia, um dos atores mais carismáticos de nosso tempo, um roteiro equilibrado, um drama real e uma história de amizade, cenas de ação relativamente plausíveis e inspiração em elementos reais. Atenção: contém spoilers. De filme, não de carro. A nostalgia, claro, se deve ao fato de ser a continuação de um dos maiores clássicos do cinema dos anos 1980 e das Sessões da Tarde e Cinemas em Casa dos anos 1990. O ator eu nem precisaria mencionar; Tom Cruise não se torno