A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Pensatas

“Pilotos de teclado”: como estes seres azedam o meio dos entusiastas

Certamente estamos vivendo a época mais rica da história para quem gosta de carros. Nunca houve tantos nichos: pense em quantas subdivisões internas existem apenas dentro dos movimentos de muscle cars e de JDM. Nunca a indústria de peças aftermarket foi tão complexa e diversificada. Nunca foi tão fácil acessar catálogos e comprar componentes de todo o mundo (bem, ignore a escalada estratosférica do dólar nos últimos meses). Nunca foi tão fácil ter acessos a manuais de oficina, livros de preparação, ou mais do que isso, encontrar pessoas de qualquer ponto do globo que já escalaram a montanha que você hoje, olha de baixo, e que podem te ajudar mesmo sem te conhecer. A evolução das ferramentas e processos permitiu coisas que antes eram coisas para equipes de corrida, como fabricar um comando de válvulas sob medida ou fazer um mapeamento de injeção e ignição exclusivo e poder alterá-lo a hora que quiser. Com mais dinheiro, dá até pra fabricar um jogo de rodas com o desenho que

Matérias relacionadas

Eurotrip: uma viagem de 4.000 km de carro pela Europa — parte 2

Leonardo Contesini

Mine’s R34: o lendário Skyline GT-R que é um dos mais rápidos do mundo

Dalmo Hernandes

Top Xuning, parte 2: os piores acessórios e modificações que alguém pode instalar em seu carro

Dalmo Hernandes