A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Por que não temos carros de passeio movidos a diesel no Brasil?

Foto: Peachparts Forum Com o preço médio da gasolina chegando aos R$ 3,30 o litro, usar o carro para nossas atividades diárias ou para curtir a estrada nos fins de semana começou a pesar bem mais no bolso. Atualmente o etanol só é vantajoso em cinco das 27 unidades da federação (SP, MG, MT, MS e GO), e os carros mais econômicos do país, segundo o programa de etiquetagem do Inmetro, não rodam mais do que 13,5 km/l na cidade (VW up!, com motor 1.0) e 15,1 km/l na estrada (Ford Ka 1.0) queimando gasolina. Para piorar a equação, a gasolina comum brasileira passou a conter 27% de etanol desde o último dia 16 de março, o que significa que o consumo deve ficar ligeiramente mais alto (leia mais sobre o assunto neste post). Em todo o mundo — nos vizinhos do Mercosul, inclusive — os motoristas que precisam de um carro mais econômico têm nos modelos movidos a diesel uma excelente opção. Na Argentina, 35% da frota é movida a diesel, e na Europa, mais de 50% da frota de veículos de passeio

Matérias relacionadas

Canepa: a concessionária, oficina, equipe de corrida e preparadora que mais entende de Porsche no planeta

Dalmo Hernandes

Dubai Road Express: como era cruzar a rota rodoviária mais longa do planeta… em 1976!

Autor Convidado

Este cara rodou 1.160.000 km com seu Porsche 911 Turbo comprado zero-quilômetro em 1976

Dalmo Hernandes