A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche 911 terá duas novas versões radicais, Ford confirma potência do Focus RS, o tempo do BMW M2 em Nürburgring e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Porsche está preparando duas novas versões radicais do 911

Captura de Tela 2015-10-14 às 12.00.14

Os fãs mais puristas da Porsche receberam duas más notícias neste ano: primeiro, que o 911 GT3 não terá mais câmbio manual, somente o super-eficiente PDK. A outra, é que os motores aspirados deixariam de ser usados a partir da linha 2016 do clássico esportivo. A notícia de hoje, contudo, voltará a fazer os puristas sorrirem: segundo o pessoal da Road & Track, que parecer ter uma fonte quente dentro da Porsche, a marca irá fazer uma versão do 911 equipada com o motor 3.8 do 911 GT3 e somente com câmbio manual.

A versão deverá se chamar 911 R, e será limitada a 600 unidades. Segundo a fonte da Road & Track, ele será uma homenagem ao 911 R dos anos 1970, e por isso não terá asa traseira, terá seu peso reduzido e pneus mais estreitos que os do GT3.

Captura de Tela 2015-10-14 às 11.59.59

O outro modelo que os caras da Road & Track descobriram que Porsche está preparando é o 911 GT3 RSR. Ele será basicamente uma versão de rua do carro que disputa as categorias GTE do Mundial de Endurance (WEC), o que significa que ele terá apenas o suficiente para te levar até o autódromo e voltar. O motor será o flat-6 de quatro litros do GT3 RS, e o peso também será reduzido. De acordo com a R&T, a Porsche já tem alguns GT3 RS com menos isolamento acústico e reduções de peso que o tornaram mais leve nas pistas de testes. Será que ele chega para engrossar a lista de versões do 911?

 

Ford divulga especificações oficiais do Focus RS

1470767788398335631

Na ocasião do lançamento do Focus RS, a Ford foi enigmática em relação à potência do modelo, limitando-se a dizer que ele teria “mais de 320 cv” — aparentemente uma nova mania da marca, que já havia feito o mesmo com o novo Mustang. Mais recentemente, a marca declarou que ele teria 350 cv. Mas nesta semana, com o lançamento de novos detalhes do modelo a Ford confirmou a potência real do carro.

São 350 hp e 350 lb-ft, ou 355 cv e 48,3 mkgf, traduzindo para o sistema métrico. A potência máxima será produzida entre 6.000 e 6.800 rpm, enquanto o torque chega ao seu pico em 3.200 rpm. Com isso, o Focus RS chegará aos 100 km/h em 4,5 segundos e à máxima de 265 km/h. Além da potência, a Ford também revelou que ele terá um sistema que religa o motor automaticamente caso o motorista deixe o carro morrer — aparentemente um recurso mais relevante onde os motoristas estão acostumados com câmbio automático, caso dos EUA.

 

BMW M2 completou Nürburgring em 7:58

Depois de apresentar o novo BMW M2 a BMW publicou o filme de lançamento do modelo com uma trilha sonora bacana e uma  informação bastante interessante: “Nürburgring lap time: 7:58”.

 

A marca coloca o novo M2 14 segundos à frente de seu antecessor, o BMW 1 M, apenas seis segundos atrás de seu irmão mais velho, o M4, e três segundos mais lento que o big boss M5. A BMW não deu detalhes sobre as condições nem as especificações do carro — se foi o modelo com o câmbio DCT de sete marchas ou o manual de seis. Independentemente disso, girar Nürburgring Nordschleife em menos de oito minutos é um feito e tanto para o novo esportivo da marca.

Oggi CSS será leiloado com preço inicial de R$ 150

20151013140225163704o

Se você acompanha o FlatOut de longa data, certamente conhece a história do Fiat Oggi CSS — um modelo criado para homologação do motor 1.4 (1.490 cm³ na versão de pista) para disputar o Brasileiro de Marcas e Pilotos. Foram feitos apenas 300 exemplares do modelo, mas sua raridade não impediu que o carro acabasse renegado por alguns proprietários.

É o caso desse CSS abandonado em um pátio do Detran de Minas Gerais, descoberto pelo pessoal do Vrum. O carro foi apreendido por falta de licenciamento e será leiloado como sucata, com preço inicial de R$ 150. Embora não haja detalhes da situação do carro, é provável que o investimento para recuperá-lo seja superior ao valor de mercado do carro. Contudo, o modelo tem componentes originais e exclusivos da versão, como os spoilers da traseira e instrumentos do painel. O leilão acontece amanhã (15) às 10h em Belo Horizonte/MG.

 

Toyota anuncia recall de mais de 400.000 unidades no Brasil

fielder

A Toyota anunciou na última terça-feira (13) o recall de 424.641 veículos no Brasil por possibilidade de defeito nos airbags. Segundo a Toyota, o problema pode acontecer no Corolla, na perua Fielder e nos utilitários Hilux e SW4. A convocação faz parte do recall mundial da Takata, fornecedora de airbags, que pode atingir quase 50 milhões de carros em todo o mundo.

A falha pode fazer com que o airbag lance fragmentos de metal ao ser deflagrado, causando ferimentos graves — já houve registro de mortes relacionadas ao defeito. O recall envolve dois tipos diferentes de reparo: somente o airbag do motorista e somente o airbag do passageiro.

A troca do airbag do motorista envolve os modelos Hilux e SW4 fabricados entre janeiro de 2006 a outubro de 2011, e os Corolla, produzidos entre outubro de 2007 a dezembro de 2011. No total são 384.596 unidades envolvidas. A substituição do deflagrador do airbag será feita a partir do próximo dia 19 de outubro.

Já a ta troca do airbag do passageiro pode aparecer nos Corolla produzidos entre abril de 2007 a fevereiro de 2008, e nas Fielder fabricadas em abril de 2007 e entre junho de 2007 a junho de 2008. No total 40.045 unidades envolvidas, que terão o equipamento desativado até a substituição, prevista para a partir de 23 de novembro.

Matérias relacionadas

É assim que você configura e personaliza seu Rolls-Royce

Dalmo Hernandes

Você moraria em uma garagem de luxo com espaço para 25 carros? Por R$ 33 milhões você pode!

Dalmo Hernandes

Eurobeat: a história da música eletrônica que embala Initial D

Dalmo Hernandes