A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Porsche 914: a história do renegado de Stuttgart – e por que ele merece seu respeito

Como todas as outras fabricantes de automóveis, a Porsche vive um período de mudança nestes últimos anos da década de 10. É o sinal dos tempos: o mundo muda, o mercado inventa novas exigências, e os carros precisam se adaptar. Assim, em 2017, o Porsche 911 RSR se tornou o primeiro Nine-Eleven com motor central-traseiro de fábrica (o 911 GT1 de 1998 estava mais para um protótipo Le Mans com partes de 911). Tudo bem que não é um 911 de rua, mas tal atitude de Stuttgart era impensável há cinco ou seis anos. Sempre que vai realizar alguma mudança importante em seus esportivos, a Porsche precisa estudar tudo antes com muito cuidado para não incomodar aqueles mais apegados à tradição. Aquele pessoal que jura que o 911 começou a morrer em 1996, quando o motor refrigerado a ar foi abandonado pela Porsche em favor do mais moderno, potente e econômico motor de arrefecimento líquido. Na verdade, muito antes de o Porsche 911 996 ser lançado, esse pessoal purista já existia. O Porsche 911 cl

Matérias relacionadas

Grand Luxury Injection: uma retrospectiva do VW Jetta GLI ao longo das gerações

Dalmo Hernandes

Land Rover Defender volta em edição limitada, a Ferrari de Pininfarina à venda, um Isetta elétrico e modernizado e mais!

Leonardo Contesini

Próxima geração do BMW X1 em testes no Brasil, novo Camaro 2016 chega em maio, os bastidores do voo livre de Velozes e Furiosos 7 e mais!

Leonardo Contesini