FlatOut!
Image default
Guia de Compra

Porsche Boxster (986/987): tudo o que você precisa saber antes de comprar


Há muito tempo, numa galáxia distante, a indústria automobilística achava que devia sempre ampliar a base, fazendo carros mais baratos para que cada vez mais pessoas tivessem seu carro, e eventualmente, quando uma pequena porcentagem deles progredisse, comprasse carros mais caros da mesma marca. Esses carros baratos nem precisavam dar lá muito lucro, bastando fechar o custo e dar economia de escala para a empresa; o lucro viria dos GTI's da vida, as versões mais exclusivas e performantes, vendidas com um belo sobrepreço. Essas, por sua vez, belas e interessantes como o carro básico não podia ser, traziam mais tráfego de gente aos showroom das concessionárias, vendendo versões mais básicas, num ciclo virtuoso. Mas a regra empresarial básica diz que não ter lucro é ter prejuízo, e por isso (além de uma montanha de motivos políticos e culturais diversos, que apesar de importantes, não vem ao caso aqui), o carro realmente barato hoje quase desapareceu. Vejam o exemplo da Porsche aqui