FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

A primeira LaFerrari está à venda com ágio de € 1 milhão. Vai encarar?

No início de dezembro veio a notícia: a LaFerrari estava esgotada — todas as 499 unidades encontraram seus compradores. “Que droga!”, você pensou. “Como vou comprar a minha”? Seus problemas acabaram: o carro número 1 está à venda! Quer dizer, se você não se importar de pagar o ágio de 1 milhão. De euros

É isso mesmo: o cara que comprou a primeira unidade da Ferrari mais potente e rápida de todos os tempos não parece estar muito apegado a seu carro e o colocou à venda, mas não sem tirar uma casquinha. E, por casquinha, me refiro a € 1 milhão — cerca de R$ 3,3 milhões. O preço “de tabela” da LaFerrari era de € 1,38 milhões (R$ 4,5 milhões). No total, o vendedor pede € 2,38 milhões, ou absurdos R$ 7,8 milhões.
Vamos te dar um minuto para absorver esta quantia.

laferrari for sale (2)

Pois bem, a primeira LaFerrari, hipercarro de 800 cv (963 cv quando o V12 de 6,3 litros trabalha junto com o motor elétrico), está sendo vendida por alguém que quer quase R$ 8 milhões por ela. Proposta tentadora, mas será que vale a pena?

Vejamos: se você realmente queria comprar uma LaFerrari, ter o dinheiro não bastava para o pessoal de Maranello: os compradores foram cuidadosamente selecionados, e você só poderia adquirir o seu exemplar se já tivesse outras cinco Ferrari na garagem. Ou seja: o cara que comprou a primeira unidade devia ser um cara realmente importante, o que faz da venda do carro um verdadeiro “f**a-se” para as regras ditadas pela Ferrari.

laferrari for sale (3)

Sobre o carro em si: segundo o vendedor, a LaFerrari de chassi nº 1 rodou apenas 200 km desde que foi comprada. Quase nada — não dá nem um tanque —, mas é  bastante se considerarmos a frequencia média com que estes carros costumam desfilar por aí. A gente torce para que o próximo dono dela — certamente alguém com o orgulho ferido por não ter conseguido comprar uma nova, e muita grana sobrando — seja daqueles que sabem fazer um V12 berrar como se deve.

E o V12 da LaFerrari berra bonito!

Só que, sinceramente, a gente acha que dificilmente isto vai acontecer. Uma Ferrari sendo vendida por um valor tão além do preço de tabela só mostra que a especulação está transformando estes carros em aberrações mercadológicas, feitas para massagear o ego de bilionários em busca de investimentos que possam trazer retorno a médio e longo prazo. Não é difícil imaginar este carro rodando por alguns meses pelas ruas de Dubai e depois sendo trancafiado em um depósito ou estacionamento. Uma pena.

[SEMCO]