A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Pronto Spyder: o roadster de motor central-traseiro que poderia ter salvo a Plymouth

A Plymouth foi uma das grandes fabricantes de carros entusiastas dos Estados Unidos na década de 1970. Seus carros eram versões mais descoladas dos modelos da Dodge: o Challenger da Plymouth era o 'Cuda, que dava à atraente silhueta do pony car linhas mais ousadas na dianteira e na traseira; e o Charger se transformava no Plymouth Road Runner, que tinha nada menos que o Papa-Léguas dos desenhos animados da Hannah-Barbera como mascote. No entanto, a partir dos anos 80, a Plymouth meio que perdeu sua identidade: a maioria dos modelos da marca eram versões rebatizadas dos carros da Dodge, da Chrysler e até da Mitsubishi. Mas não de uma maneira bacana como era nos anos 70 – em vez disso, os carros da Plymouth eram redundantes em relação aos outros modelos do grupo, e acabavam canibalizados por eles. Tempos áureos... Nos anos 1990, quando a Chrysler finalmente decidiu tomar providências e reposicionar a Plymouth com

Matérias relacionadas

Um rali elétrico na área queimada da Amazônia, multa mais severa para transporte irregular, o novo Aston GTS Zagato e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes

McLaren Speedtail: o sucessor do lendário F1 é um híbrido de 1.035 cv que chega aos 403 km/h

Leonardo Contesini

Jesse e seu Volkswagen Jetta de “Velozes e Furiosos” se reencontram quinze anos depois

Dalmo Hernandes