A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pergunta do dia

Qual é o seu veículo favorito dos videogames?

Nem só de Top Gear e Gran Turismo foi feita a infância dos entusiastas — temos certeza de que muitos dos nossosl leitores passaram a infância jogando vários games, e certamente alguns deles envolviam veículos, fossem jogos de corrida ou de outros gêneros. Sendo assim, a nossa pergunta de hoje é a seguinte: qual é o seu veículo preferido dos videogames?

Claro, eu também joguei muito Gran Turismo 2, mas o segundo game da série da Polyphone Digital foi só um dos games que marcaram a minha infância. Outro deles foi Final Fantasy VII, e ele é exatamente o jogo de onde vem a sugestão do FlatOut. Mas antes, vou colocá-los em contexto, e prometo ser breve.

Final Fantasy VII foi o sétimo game da série Final Fantasy, lançado em 1997 para PlayStation. Foi um game revolucionário em muitos aspectos, mas principalmente no visual. Graças à capacidade de processamento do console da Sony, FFVII foi o primeiro a usar gráficos em 3D poligonal e cenários pré-renderizados — ou seja, modelados em 3D e transformados em uma imagem estática, proporcionando a impressão de profundidade com muita qualidade visual sem consumir muitos recursos gráficos. O game era extenso (eu levei quase 40 horas para terminar) e dividido em três discos.

O protagonista era Cloud Strife, um ex-soldado que se tornou mercenário, cabelos loiros espetados (típico) e um passado obscuro encoberto pela amnésia e disfarçado com sarcasmo. Ele carregava uma espada maior e a usava para matar monstros, robôs e os vilões da história. Final Fantasy VII era demais. Mas e o tal veículo?

Veja bem: FFVII era um RPG por turnos, o que significa que, ao andar pelo mapa, você sempre acabava entrando em uma batalha aleatória, em que cada um dos envolvidos tinha a sua vez de realizar uma ação (atacar, usar algum item ou magia, fugir), como num jogo de xadrez. Sendo assim, a última coisa que você espera é ter que dirigir um veículo ou algo assim, não é mesmo? Acontece que era exatamente isso que Cloud acabava fazendo em um determinado momento do jogo: a tela mudava pra uma pista de asfalto com você em cima de uma moto, tendo que atacar inimigos com sua espada e enfrentando um boss no final. Coisa básica. Também não tem como não lembrar da música que tocava ao fundo.

Eu joguei FFVII há mais de dez anos, e achei aquilo simplesmente espetacular — ainda mais por causa da cutscene em FMV (full motion video) que você assistiu ali em cima. Anos mais tarde, descobri que a moto se chamava Hardy-Daytona, e que este nome é uma homenagem à Harley-Davidson e ao circuito de Daytona, nos EUA. Ela tinha um motor de quatro cilindros em V e radiador de óleo.

HardyDaytonaConcept

Cloud aparece com outra moto no filme Final Fantasy VII: Advent Children, lançado em 2006, cuja história se passa dois anos depois dos eventos do game. A nova moto se chama Fenrir, tem visual mais futurista, usa um motor com dois cilindros ovais e tem duas rodas na frente. A tração é integral, e o sistema de direção é controlado pelos movimentos de quadril do piloto, e não pelo guidão — afinal, Cloud  vezes precisa usar espadas enquanto dirige sua moto. A velocidade máxima é de 400 km/h e o acelerador é acionado por um pedal.

As duas motos de Cloud são minha sugestão (e do FlatOut!). Agora, é com você: qual é o seu veículo favorito a aparecer em um game? Lembre-se de que não estamos falando apenas de games de corrida, mas eles não estão proibidos, e de que o veículo não precisa, necessariamente, ser um carro. Amanhã montaremos um top com as melhores respostas!

[ Foto: Wulfsbane/DeviantArt ]

 

Matérias relacionadas

Qual é o carro alemão mais emblemático já feito?

Dalmo Hernandes

Qual é o carro mais marcante nesses 60 anos de indústria automotiva brasileira?

Dalmo Hernandes

Qual a sua meta ou sonho automotivo para 2017?

Juliano Barata