FlatOut!
Image default
Pensatas

Quando fui engenheiro do Chevrolet Agile


Para contar a história de hoje é necessário algum contexto. É uma história da GM, e uma que aconteceu exatamente ao mesmo tempo em que a GM americana faliu. Um evento que a mudou completamente, como vocês podem imaginar. A GM, que durante os anos 1950 e 1960 era a maior corporação particular do mundo, sofreu muito durante os anos 1970, diminuindo sua participação constantemente, ao mesmo tempo que tinha que investir pesado em um novo tipo de carro: os de tração dianteira monobloco, necessários para combater os efeitos das múltiplas exigências de economia de combustível individual e de frota vendida, emissão veicular e segurança passiva. Ao mesmo tempo, os japoneses davam um salto de qualidade que parecia impossível de se acompanhar. Os anos 1970 e 1980 foram difíceis para a GM nos EUA, como você pode imaginar. Chegou aos anos 1990, porém, em uma condição melhor. Durante os anos 1980, o CEO Roger Smith realizou uma enorme mudança na empresa, para se adaptar ao seu tamanho