FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault cancela novos Sandero e Logan no Brasil, Volvo apresenta novo logotipo, Nissan GT-R R36 é praticamente confirmado e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Nissan GT-R R36 é confirmado – ou quase isso

O Nissan GT-R completa 14 anos em 2021 (já devo ter dito isso umas dez vezes nos últimos meses), e a grande questão no momento é: haverá uma próxima geração?

Quanto a isso, já estamos perto de poder descansar tranquilos: a Nissan praticamente confirmou a nova geração do modelo em uma conversa recente com a imprensa australiana. A divisão da fabricante na Austrália divulgou um press release a respeito da linha 2022 da geração atual – que deixará de ser vendida no mercado local por causa das leis para emissões.

Essa é a parte triste da notícia – para os australianos, ao menos. Mas há a parte boa para o resto do mundo: no mesmo comunicado, a Nissan foi enfática ao dizer que isso “de forma alguma significa o fim do GT-R na Austrália”, mas sim “o fim da atual geração”.

Está certo que em nenhum momento o release menciona um R36, muito menos uma previsão de quando ele será lançado. Mas nem é preciso fazer força para ler nas entrelinhas que haverá uma próxima geração.

Quanto ao R36 em si, ainda há muito o que especular. Embora fosse interessante ver uma plataforma nova, mais leve e pronta para receber powertrains híbridos, existe a possibilidade de que a Nissan utilize uma versão atualizada da plataforma atual. Com o novo Z isso já aconteceu – ele também usa uma evolução da plataforma que foi lançada lá em 2002 com o 350Z. Então, não seria absurdo e com certeza é algo viável. (Dalmo Hernandes)

 

Renault cancela nova geração de Sandero e Logan no Brasil

Esqueça os planos da Renault Nissan para o Brasil. Esqueça o sonho de ver um Sandero Alpine por aqui. Esqueça até mesmo a possibilidade de trocar seu Sandero 2018 por um mais novo. Não será possível. A matriz da Renault cancelou a nova geração do Sandero/Logan no Brasil. Os modelos, que estavam previstos para o ano que vem, serão abandonados em favor de modelos com maior valor agregado (leia: SUV/crossovers).

Segundo apuração do pessoal do Jornal do Carro, a decisão foi motivada pelo cenário instável decorrente da pandemia e suas crises colaterais. Como mencionamos anteriormente na matéria sobre a crise dos microchips, a paralisação da indústria durante as quarentenas pode afetar a produção global de automóveis até 2023, reduzindo a oferta de veículos.

Com isso, serão mantidos apenas Kwid, Duster, Captur e um novo crossover de sete lugares que será posicionado no topo da gama, batizado Bigster. Até o ano passado, a Aliança Renault Nissan mantinha seus planos de usar uma única plataforma para produzir sete modelos no Brasil — na ocasião, acreditava-se que os modelos seriam os novos Sandero e Logan, os novos Kicks e March, Captur e Duster e um crossover inédito que, aparentemente, será o Bigster. (Leo Contesini)

 

Chrysler 300C pode finalmente sair de linha

Atenção: não confunda esse “finalmente” com alívio – ao contrário. O Chrysler 300C pode estar perto de se despedir definitivamente – isso deve acontecer no máximo em em 2023, marcando o fim do último sedã da fabricante, o que efetivamente encerra uma era.

De acordo com o site Automotive News, a situação do 300C é realmente crítica. Lançado em 2004 quase ao mesmo tempo em que o Dodge Charger (e dividindo com ele a plataforma LX derivada do Mercedes-Benz Classe E da época), o 300C vem caindo nas vendas desde 2012 – diferentemente do Charger, que conseguiu um público cativo ao investir em versões esportivas. A publicação diz que a ideia era descontinuar o 300C já em 2020, substituindo-o por um crossover elétrico. A sobrevida só veio por causa da pandemia, que atrasou o desenvolvimento do sucessor.

O futuro do Dodge Charger é um pouco mais promissor. Mas só um pouco: de acordo com o Autonews, sua sobrevivência está garantida ao menos até 2024, quando será lançado o misterioso muscle car elétrico que foi anunciado há pouco tempo. Ao que parece, a Dodge ainda não decidiu se ele será um substituto para a atual linha de muscle cars a combustão, ou se irá conviver com eles. (Dalmo Hernandes)

 

Ken Block assina contrato com a Audi

Por muito tempo, Walter Röhrl teve sua imagem fortemente associada à Audi. Não é para menos: o piloto alemão é um dos melhores do mundo nos ralis, esteve com a fabricante em sua era de ouro no WRC, e ainda foi o recordista de Pikes Peak com o Audi Quattro em 1987. E agora, ele tem um sucessor: Ken Block.

Claro, Block ficou mais conhecido por suas Gymkhana, nas quais ele teve parcerias com a Subaru e com a Audi. Também vale lembrar que, quando tentou a sorte no WRC, seu desempenho foi apenas mediano. Mas a Audi decidiu apostar no piloto americano para ajudar a desenvolver seus novos esportivos elétricos.

Fora uma sessão de fotos com Ken Block no meio de vários carros de competição da Audi, clássicos e modernos, mais detalhes sobre a parceria não foram divulgados. Ao que tudo indica, Block será uma espécie de piloto de testes, mas também será uma espécie de embaixador da marca, participando de campanhas publicitárias e coisas do tipo.

Por outro lado, uma das fotos mostra Ken Block admirando o protótipo RS Q e-tron, que vai participar do Dakar Rally em 2022 – o que pode indicar que o piloto estará na equipe. (Dalmo Hernandes)

 

Strasse lança linha Oettinger Porsche no Brasil

Já faz quase dez anos que a importadora Strasse trouxe para o Brasil a Oettinger, preparadora alemã especializada em modelos do grupo Volkswagen. Inicialmente os kits de preparação eram voltados apenas aos modelos Volkswagen e Audi, mas agora os modelos da Porsche também entraram no alvo da importadora com a linha Oettinger.

Os kits são voltados a upgrades de potência para praticamente toda a linha da marca oferecida atualmente no Brasil — os conjuntos para Macan, Cayenne e Panamera já estão disponíveis, enquanto os kits para 718 Boxster e Cayman, 911 Carrera/CarreraS e 911 Turbo/Turbo S chegam no final de outubro.

No caso do Macan, os upgrades são de 265 cv para 300 cv na versão básica (R$39.900), de 380 cv para 400 cv na versão S (R$59.900), e de 440 cv para 470 cv na versão GTS (R$ 69.900).

Para o Cayenne básico o upgrade é de 340 cv para 420 cv (R$ 59.900). No Cayenne S, a potência vai de 440 cv para 550 cv (R$69.900), no Cayenne E-Hybrid o aumento é de 462 cv para 542 cv (R$ 69.900), no Cayenne Turbo o upgrade é de 550 cv para 650 cv (R$99.900), e no Cayenne Turbo S Hybrid de 680 cv a potência vai a 780 cv (R$ 149.900).

Por último, o Panamera Hybrid salta dos 462 cv para 542 cv por R$ 69.900, o Panamera S Hybrid vai aos 670 cv (R$ 79.900) e o Panamera Turbo S Hybrid vai dos 680 cv aos 780 cv (R$ 149.900). (Leo Contesini)

 

Volvo apresenta novo logotipo

Depois de Peugeot, Volkswagen, BMW, Kia e Renault, agora é a vez da Volvo modificar seu logotipo, adotando um visual gráfico mais “limpo” (quase sempre um eufemismo chique para “visualmente pobre”). Não há muito o que falar, sobre a mudança: ela foi feita para unificar os logotipos das duas frentes de atuação da Volvo — a Volvo Cars e Volvo Group (que faz os caminhões, motores marítimos, ônibus e maquinário de construção civil) — e adota o estilo simplificado que se tornou tendência entre as fabricantes recentemente.

A defesa criativa, claro, é aquele compilado de chavões sobre mídias digitais, modernidade etc. Uma variação deste logotipo já vinha sendo usada nos carros da marca, com o centro do círculo preenchido de preto — aparentemente protegendo o radar dos sistemas de assistência ativa de condução —, porém ainda com efeitos tridimensionais e a seta integrada ao anel. O logotipo já está sendo usado pela marca nas redes sociais. (Leo Contesini)

 

Gran Turismo 7 entra em pré-venda com carros exclusivos

Se você é como eu, provavelmente está ansioso demais para a chegada de Gran Turismo 7, que será lançado em 4 de março de 2022. Como é praxe, a Sony já iniciou a pré-venda do game – e quem fizer a compra antecipada vai garantir três carros exclusivos. Além disso, foi anunciada uma edição de aniversário de 25 anos da franquia – apenas para PS5.

Quem comprar tanto a edição digital na PS Store quanto a edição física de Gran Turismo 7 antes do dia 4 de março já vai começar o jogo com o o Toyota Castrol Tom’s Supra, ícone das provas de turismo japonesas; o conceito Mazda RX-Vision Stealth, com pintura preta exclusiva; o belíssimo Porsche 917 Living Legend Concept; e o Toyota GR Yaris com pintura de corrida inspirada no Brasil. Além disso, a Sony também dará 100.000 Cr como bônus no começo do jogo.

A edição de 25º Aniversário ainda inclui a trilha sonora digital, 1.100.000 Cr dentro do jogo, 30 avatares para a PSN e um voucher para a versão de PS4. (Dalmo Hernandes)

ESTE Gol GTS 1.8
PODE SER SEU!

Clique aqui e veja como