FlatOut!
Image default
História

Ícones dos anos 1990: Jeep Grand Cherokee (ZJ)


Em seu lançamento em 1992, o fabricante proclamava que o novíssimo Jeep Grand Cherokee ZJ era um carro “verde”: 90% dele era construído em materiais recicláveis. Ora vejam só, reciclagem de automóveis. Isso era grande em 1992, todo mundo estudando, gastando dinheiro em pesquisas, calculando maneiras de, depois de sua vida útil, o carro retornar seus materiais para a construção de outros carros. Ou qualquer outra coisa, na verdade. Você ouve algo sobre isso ainda? Claro que não. A reciclagem na indústria do automóvel se mostrou um beco sem saída, um cul-de-sac que não levou a lugar nenhum. Reciclagem até de lixo permanece uma indústria viável apenas em países onde há gente suficiente com renda zero para que as migalhas que valem as latas de alumínio valham a pena serem recolhidas e levadas até o centro de reciclagem. No Brasil, é um sucesso! Temos um estoque sempre reciclado de recicladores, mais gente todo dia chegando até a tal renda zero, desde tempos imemoriais. Somos bem