A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Renault, Chrysler e Jeep: a relação de décadas entre as três fabricantes

O assunto quente da semana (um deles, na verdade) é a iminente fusão entre a Fiat Chrysler Automobiles e Renault – proposta feita pela FCA e confirmada pelas duas partes ao longo da semana. A ideia é que as duas empresas possam compartilhar recursos técnicos e financeiros, a fim de que ambas possam atuar em mais frentes. A FCA está interessada nos compactos elétricos dos franceses, enquanto a Renault, entre outras coisas, acredita que pode aproveitar a experiência da Jeep no segmento dos utilitários. Caso a fusão se concretize – o que é bem provável – FCA e Renault passarão a formar a terceira maior fabricante de automóveis do planeta em volume (posto que é atualmente ocupado pela Hyundai) atrás da Toyota e da Volkswagen. E não será a primeira vez em que as duas partes se relacionam. Melhor colocando: não será a primeira vez que haverá uma relação entre a Renault e Chryseler – uma relação que, de certa forma, também envolveu a Jeep. Como diziam na década de 1990: senta

Matérias relacionadas

A verdade sobre o Supra de 300 km/h de Smokey Nagata e sua prisão nos anos 90

Dalmo Hernandes

Quando a Alfa Romeo fez um 164 com motor V10 de Fórmula 1

Dalmo Hernandes

GM EV1: o pioneiro esquecido dos carros elétricos

Dalmo Hernandes