A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault confirma cinco lançamentos no Brasil, o novo carro da Mercedes-AMG na F1, Volvo terá apenas carros elétricos em 2030

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Renault confirma cinco novos carros no Brasil, motor turbo e investimento de R$ 1,1 bilhão

A Renault confirmou ontem (1) um investimento de R$ 1,1 bilhão em sua fábrica de São José dos Pinhais (PR), onde serão fabricados cinco futuros lançamentos, e também o aguardado motor 1.3 turbo.

A notícia vem poucos dias depois da declaração de Luca de Meo, CEO da Renault, ao site Automotive News, na qual o executivo falava em congelar investimentos na América do Sul, incluindo o Brasil – o que automaticamente colocava em cheque o futuro dos novos Logan e Sandero por aqui.

No comunicado à imprensa, a Renault fez questão de afirmar que cinco lançamentos, entre modelos novos e reestilizações, chegarão até de 2022. Com isto, voltam ao jogo os novos Sandero e Logan, que acreditava-se terem sido adiados por tempo indeterminado. A nova geração, feita sobre uma versão adaptada da plataforma do Clio, é mais refinada e teria mais condições de disputar com VW Polo/Virtus e Chevrolet Onix/Onix Plus. A reestilização do Captur em junho é dada como certa, assim como o Kwid renovado no final de 2021. Outra possibilidade é a nova Duster Oroch, que enfim chegaria à mesma geração que o SUV.

Entre os elétricos, fala-se no Zoe reestilizado, no Kwid elétrico e também em veículos comerciais.

O motor turbo, por outro lado, já é conhecido: trata-se da unidade de 1,3 litro e 163 cv feita em parceria com a Mercedes-Benz, e que deve estrear no Brasil sob o capô do Captur e, possivelmente, do Duster.

A Renault também enfatizou que o Brasil continua sendo um mercado estratégico, mesmo com o sistema tributário complexo que dificulta um pouco os investimentos. Fora as novidades para São José dos Pinhais, a fabricante também pode trazer o SUV Bigster, uma opção maior à Renault Duster, criada sob medida para enfrentar o Jeep Compass, nos próximos anos.

 

Mercedes-AMG revela seu carro para a Fórmula 1 em 2021

A Mercedes-AMG revelou hoje (2) seu carro para a temporada de 2021 da Fórmula 1. O Mercedes W12, como esperado, aproveita o mesmo chassi do ano passado, porém com novos elementos aerodinâmicos impostos pelo regulamento.

A pintura é preta, como no ano passado, para apoiar o ativismo de Lewis Hamilton na luta contra o racismo. Há os detalhes em verde da Petronas espalhados pelo carro e, na tampa do motor, uma área em cinza com o emblema AMG em efeito de marca d’água. Os detalhes em vermelho vêm da INEOS, petroquímica britânica que recentemente tornou-se acionista da Mercedes-AMG na F1.

O Mercedes-AMG W12 estreará no grid como favorito, evidentemente, com Hamilton e Valtteri Bottas. O piloto britânico busca o inédito octacampeonato – superando, então, o também heptacampeão Michael Schumacher.

 

Volvo anuncia que terá apenas carros elétricos em 2030

Mais um dia, mais uma fabricante anunciando o fim dos motores a combustão. Desta vez é a Volvo – os suecos dizem que, a partir de 2030, todo Volvo 0km será um carro elétrico.

É uma postura radical que vem se juntar a outras decisões polêmicas – como limitar a velocidade máxima de todos os seus modelos a 180 km/h. O tom da declaração também é bastante incisivo: a Volvo diz que “não há futuro de longo prazo para a combustão interna” e que “em vez de investir em um segmento que está encolhendo, escolhemos investir no futuro: elétrico e online”.

Com isto, a Volvo também anuncia que todos os seus veículos elétricos serão vendidos pela Internet – e que já andou investindo bastante em seu modelo de vendas online justamente para isto. Ainda existirão concessionárias, onde os clientes poderão fazer test drives e conhecer os modelos de perto, mas mesmo a compra na loja será feita através do site da Volvo.

 

Audi e-tron Sportback chega ao programa de assinatura da Audi por R$ 10.490

O programa Audi Luxury Signature, serviço de carro por assinatura da fabricante alemã, ganha mais uma opção no Brasil: o Auti e-tron Sportback, disponível por R$ 11.890 mensais por, no mínimo, 24 meses. Na prática, você aluga um e-tron Sportback e paga quase R$ 12.000 por mês pelo aluguel. A mensalidade inclui IPVA, licenciamento, franquia de 2.000 km por mês e seguro. Blindagem é um opcional por custo extra.

O programa atualmente só está disponível na região metropolitana de São Paulo (SP), e também conta com A6 Sedan por R$ 10.490, A7 Sportback por R$ 11.490, Audi e-tron por R$ 11.590 e Q8 por R$ 13.890. Os carros elétricos também podem vir com um carregador doméstico, cujo custo é adicionado à mensalidade.

 

Novo Honda CR-V é flagrado em testes

O Honda CR-V, SUV médio da Honda, deve ganhar sua nova geração – a sexta – em breve. Fotos do veículo camuflado, em testes, foram flagrados pelo Automedia em uma locação não revelada.

A silhueta do novo CR-V não parece ter mudado tanto, mas o capô ficou visivelmente mais alto e longo. A grade dianteira e os faróis lembram o que se vê no novo HR-V, cuja versão japonesa foi revelada há alguns dias. As linhas do teto e das janelas não parece ter mudado tanto, e percebe-se que as lanternas traseiras continuam horizontais, porém com formato de bumerangue.

A plataforma continuará sendo a do Honda Civic, que também teve sua nova geração revelada recentemente. Espera-se que o novo CR-V seja revelado no começo de 2022, logo depois do Honda HR-V.

 

BMW M4 continua ganhando grades alternativas

O visual dos novos BMW M3 e M4 é considerado “indigesto” por uma boa parcela dos entusiastas, incluindo aí os fãs da marca. Sabendo disto, as empresas do mercado de acessórios não perdem tempo – e mais uma delas acaba de anunciar um kit para modificar completamente a aparência, nesse caso, do cupê.

O body kit, feito pela Avante Design, é composto por novos para-lamas, para-choques, spoilers e asa traseira. Serão três “estágios” de alargamento, e no último deles o M4 fica 18 cm mais largo que o original.

A peça mais importante do conjunto, porém, é o novo para-choque dianteiro, que pode incluir uma grade bem menor – mais parecida com a que se vê no BMW Série 8. Também é possível deixar a grade de fábrica intocada.

Ainda não há detalhes sobre preços ou mesmo data de lançamento – a Avante Design é uma empresa nova (sua página no Instagram só tem seis semanas). Mas temos certeza de uma coisa: este não será o último kit aftermarket para o M3/M4 que veremos por aí.

Matérias relacionadas

Mercedes AMG GT R Black Series flagrado, Chiron pode chegar a 500 km/h, Placa Preta poderá ser solicitada online e mais!

Mustang e Fiesta ST no Brasil, os carros mais vendidos em janeiro, uma nova Ferrari a caminho…

Leonardo Contesini

Justiça libera aumento de limites de velocidade nas Marginais de SP, preços dos combustíveis continuam subindo, Panamera Wagon chega neste ano e mais!

Leonardo Contesini