FlatOut!
Image default
História

Sabelt: a história dos cintos de segurança mais famosos do automobilismo


Você já deve ter visto alguém dizer que era nos primórdios do esporte a motor que estavam os homens de verdade. Nos anos 30, por exemplo, os pilotos corriam com toucas de couro coladas à cabeça, óculos,  camisas e calças jeans. Não havia capacetes, macacões e sequer cintos de segurança. Zonas de absorção de impacto eram algo que nem havia sido concebido. "Eles morriam com honra, arriscavam a vida todos os dias", é o que se costumava dizer naquele período. Acontece que, para vencer uma corrida, é preciso sair vivo dela – parece algo óbvio mas, durante boa parte de sua história, o automobilismo não deu muita atenção à segurança dos pilotos. Isto só começou a mudar de verdade na década de 1970, quando a FIA começou a estabelecer normas mais rígidas para os equipamentos de segurança em suas principais categorias, como a Fórmula 1 e o WRC. Foi nesta época que nasceu a Sabelt, uma das principais fornecedoras de equipamentos de segurança para a elite do automobilismo e para o