A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo História

Silverstone: a história e a evolução do traçado da “casa do automobilismo britânico”

Neste final de semana a Fórmula 1 desembarca na Inglaterra para aproveitar um dos poucos períodos sem chuvas no país e disputar a 74ª edição do GP da Grã-Bretanha, no Circuito de Silverstone. Embora seja autodenominado "a casa do automobilismo britânico", Silverstone foi criado em 1943 para ser um campo de treinamento de pilotos da Royal Air Force e assim permaneceu até 1945, quando a Segunda Guerra Mundial terminou. Descomissionado, o campo acabou abandonado até que começou a ser utilizado por entusiastas da região para disputar corridas amadoras em 1947. No ano seguinte, o Royal Automobile Club (RAC) decidiu voltar a organizar um Grand Prix no Reino Unido — eles já haviam realizado dois Grand Prix em 1926 e 1927, mas o evento não chegou à sua terceira edição. Como Brooklands já estava ocupado pela Vickers Armstrong, o único local apropriado para receber tal competição era o aeródromo de Silverstone, com suas pistas de pouso/decolagem e estradas de serviço. Em 1950, Silverst

Matérias relacionadas

Fast five: a história do clássico motor cinco-cilindros da Audi

Dalmo Hernandes

Dear God! A carreira impecável do finlandês Ari Vatanen | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes

GP dos EUA de 2005: a corrida de Fórmula 1 que quase ninguém disputou

Leonardo Contesini