A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Tony Kanaan nas 24 Horas de Le Mans, Subaru WRX terá versão STI RA, Porsche quer acabar com especuladores e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Tony Kanaan irá disputar as 24 Horas de Le Mans com o Ford GT

AguaTonicaNaan

A edição deste ano das 24 Horas de Le Mans terá mais um brasileiro na pista: Tony Kanaan estará ao volante do Ford GT da equipe Ford Chip Ganassi Racing, ao lado de Joey Hand e Dirk Muller — vencedores da categoria GTE-Pro no ano passado.

Kanaan foi escolhido pelo chefe para substituir Sébastien Bourdais, que sofreu um forte acidente nos treinos da Indy 500 e acabou fraturando a bacia e ficará impedido de competir até o final do ano. Entre seus rivais na GTE-Pro estão os brasileiros Pipo Derani, que irá dividir outro Ford GT da Chip Ganassi; Lucas Di Grassi, que irá correr com a Ferrari 488 GTE da AF Corse; e Daniel Serra, que defenderá a Aston Martin a bordo de um Vantage GTE.

As 24 Horas de Le Mans deste ano acontecem daqui a pouco mais de duas semanas, no dia 17 de junho. Fique ligado no FlatOut, pois teremos nosso tradicional guia das 24 Horas (seguido do “fórum ao vivo” dos leitores)!

 

Subaru deverá relançar o WRX RA

wrx-ta-roof-1496325543

No início da semana a Subaru publicou o teaser de um BRZ com uma asa traseira da STI, acompanhada com a data 8/06/2017, indicando que o aguardado BRZ STI finalmente será lançado daqui a uma semana. Mas aparentemente ele não será a única novidade da Subaru neste mês.

A fabricante japonesa divulgou um novo teaser, desta vez de um WRX com teto de fibra de carbono. Sabemos que é um WRX devido à saliência do scoop do intercooler no capô, algo que o BRZ STI não terá, como mostram os flagras publicados aqui mesmo no Zero a 300 no início deste mês.

Segundo os americanos da Road & Track, o modelo em questão é uma nova geração do WRX STI RA, uma versão hardcore de baixo peso do WRX de primeira geração lançada em 1993. Ainda de acordo com a revista, além do teto de fibra de carbono e de uma asa traseira maior, o modelo terá amortecedores Bilstein, bancos Recaro e “upgrades no motor e no câmbio”. O RA também usará rodas douradas da BBS, de 19 polegadas.

 

Leilão de clássicos em Vinhedo terá mais de 70 carros

Modelo Kombi, ano 1968 com inacreditáveis 28.000km

 

No próximo dia 15 de junho começa o XXII Encontro Paulista de Autos Antigos, anteriormente organizado em Lindoia e Campos do Jordão e neste ano será realizado em Vinhedo. Além da tradicional seleção de clássicos de primeira, neste ano o evento terá como destaque um grande leilão de veículos antigos, inspirado no formato dos grandes eventos de clássicos dos EUA e Europa.

Inscrições para os lotes do Grande Leilão de Veículos Antigos estão encerradas

A venda irá começar logo no segundo dia do evento, 16 de junho, às 18h e será realizado pela Talladega Motors em parceria com a Sumaré Leilões. No total serão mais de 70 clássicos dos anos 1910 aos anos 1990.

Modelo Grahan Holywood 1941

A lista dos primeiros dez modelos é a seguinte (clique no link para visualizar os detalhes dos carros):

1- Chevrolet Corvette Stingray 1972

2- Ford Modelo A Phaeton 1931

3- Ford Modelo T Center Door 1917

4- Volkswagen Fusca 1500 1972

5- Ford Maverick Grabber 1974

6- Ford Mustang Hardtop 1965

7- Chevrolet Nova 1975

8- Rolls-Royce Silver Spur 1981

9- Ford Escort XR3 conversível 1995

10- Chevrolet D-60 1976

 

Porsche quer combater especuladores de edições especiais

porsche-normal

Nos últimos anos vem se tornando cada vez mais comum a compra de edições especiais por especuladores, que arrematam o carro não pelo prazer de ter e usar um modelo exclusivo, mas sim aproveitando seu acesso às listas VIP de compradores para fazer uma boa grana em cima disso. Você sabe do que estamos falando: LaFerraris anunciadas pelo triplo do preço de compra, e Porsches 911R batendo a casa do milhão de dólares, quase dez vezes seu preço de compra.

Enquanto isso pode parecer vantajoso para algumas marcas, que vêem seu produto hipervalorizado — algo que agrega valor à própria marca —, a Porsche decidiu combater essa prática diretamente. Em entrevista à Car and Driver, o chefe da divisão GT da Porsche, Andreas Preuninger, disse não gostar nem um pouco desta situação: “Pessoalmente gosto de ver meus carros sendo usados. É para isso que fazemos eles. Eles são bons demais para serem guardados em um cavalete juntando poeira”, disse. É isso aí, herr Preuninger!

Ele também aproveitou para comentar o fato de alguns compradores do 911R terem se mostrado insatisfeitos quando a Porsche decidiu oferecer câmbio manual no novo 911 GT3, tirando um pouco da exclusividade do 911R — que até então era o único modelo aspirado com o motor 4.0 combinado ao câmbio manual, uma das razões para seu preço ter disparado no mercado de colecionáveis. “Quando digo que não somos um fundo de investimento, estou falando para aquelas pessoas que acharam ruim quando lançamos o GT3 com câmbio manual como o R… mas se há pessoas querendo comprar carros como este, sendo uma fabricante precisamos atender esta demanda”, completou.

Para combater os especuladores, Preuninger disse que a Porsche irá “monitorar de perto os especuladores” e se conseguir comprovar que eles estão comprando carros especiais apenas para revender, terão seus nomes banidos das listas de clientes VIP da Porsche. Soa ameaçador, não?

Preuninger, contudo, terminou explicando que não se trata de punição, mas de estratégia de vendas: “queremos vender carros diretamente aos clientes que querem usá-los”.

 

Dupla de Mercedes 300SL de único dono pode quebrar recorde de preço

imagesvc.timeincapp.com

Este par de Mercedes 300SL da imagem acima poderia ser uma dupla qualquer do lendário modelo da marca alemã se não fosse um único detalhe: eles foram comprados novos nos anos 1950 e desde então nunca trocaram de mãos. Sim, são modelos de único dono e, por isso, eles têm potencial para atingir um valor recorde.

Os carros serão leiloados pela Gooding & Company em agosto, no evento de clássicos de Pebble Beach. O modelo cupê foi comprado em 1955 e o roadster em 1957, e sua existência era completamente desconhecida. Segundo o especialista em 300SL da Gooding, Garth Hammers (que cresceu cercado por gullwings, uma vez que seu pai teve seis exemplares), os carros nunca foram exibidos em nenhum evento nestes 60 anos, e o proprietário nunca participou de clubes ou grupos de colecionadores. Ele simplesmente mantinha os carros na garagem e os usava regularmente.

Os carros também nunca foram restaurados, e como se não bastasse, juntos eles têm 53.000 milhas (85.300 km). Por este motivo, a Gooding espera conseguir um valor recorde pela dupla: entre US$ 1 milhão e US$ 1,3 milhão pelo cupê e algo entre US$ 800.000 e US$ 1 milhão pelo roadster.

 

Matérias relacionadas

Só para as pistas: Porsche 911 GT2 RS Clubsport é a despedida matadora do 991

Dalmo Hernandes

Como este cemitério de carros foi parar em uma mina abandonada no Reino Unido?

Dalmo Hernandes

Mais detalhes sobre o novo Jetta, segredos do Corvette de motor central, um supercarro da Toyota e mais!

Leonardo Contesini