FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #156

Um Chepala de pai para filho – a história do Project Cars #156


Olá, pessoal. Meu nome é Bruno Monteiro, tenho 30 anos, sou de São Paulo, mas atualmente moro em Curitiba/PR. Sou mais um apaixonado por carros, especialmente os mais antigos. Essa paixão vem desde pequeno. Cresci ajudando meu pai, que é motorista de profissão e mecânico nas horas vagas, a mexer nos carros da empresa onde ele trabalhava e no carro da família, o Chevettão. É sobre ele (o Chevettão, não meu pai) que vou falar nestes posts.

Meu pai comprou o Chevette em 1993, sendo o segundo dono dele. Estava inteiro, sem nenhum podre ou amassado. Ao passar dos anos fui apreendendo a gostar e me interessar por ele. Aos 12 anos já comecei a dirigir e o meu interesse ia aumentando mais.

Esse carro tem história. Em 1997 ele pegou fogo quando minha mãe dirigia. A mangueira de gasolina escapou do carburador e “lavou” o alternador causando um incêndio na hora. Felizmente ninguém se feriu e com a ajuda das pessoas que passavam na rua conseguimos salvar o carro.

Porém tivemos que refazer toda parte elétrica, trocar hélice, reservatório de óleo de freio. Dois meses depois o carro já estava andando novamente mas as marcas do fogo estão nele até hoje.

Foto nº1 - Capô queimado 02 Foto nº1 - Capô queimado 01

Com o passar dos anos, meu pai teve algumas dificuldades financeiras e teve que usar o carro para trabalhar. Resumindo: não teve como cuidar dele direito, então as ferrugens e amassados começaram a aparecer. Até por essa dificuldade, ele acabou me vendendo o carro em 2008.

Utilizei o carro quase que diariamente para o trabalho, porém nessa época já tinha feito algumas melhorias. Troquei as rodas originais aro 13 por um jogo das famosas rodas Binno “aranha”, na medida 14×7 polegadas.

Foto nº2 - Rodas Aranha 03

E como amante da velocidade e por ronco dos motores, retirei os silenciosos e deixei o escape direto, pra deixar os vizinhos loucos.

Rodei com ele assim até novembro de 2009 quando decidi comprar outro carro. Acabei comprando um Golf GLX 2.0 1997.

Foto nº3 - Golf GLX 01

Como não tinha garagem para dois carros e não queria me desfazer do Chevette, guardei na casa de um amigo por longos um ano e três meses, só esperando uma oportunidade de um dia poder reformá-lo.

Em fevereiro de 2011 me mudei de casa e pude enfim buscá-lo para deixá-lo mais perto. Como em São Paulo existia a inspeção veicular, não pude mais rodar com ele, pois o seu motor original 1.6 já estava cansado. Estava batendo válvula e fumando.

Aliás eu sempre me perguntei por que ele tinha o motor 1.6 do Chevette mais novo e não o 1.4 com o câmbio de 4 marchas. Fiz várias pesquisas até descobrir que ele é de uma série especial, o raro modelo “Ouro Preto”. Com conta giros, bancos inteiriços, marcador de gasolina, de temperatura de água, da bateria no console central. Só não tenho o spoiler dianteiro.

chevas-ouro-preto (7)

Foto nº5 - Bancos Foto nº5 - Console central

E foi em novembro de 2012 que decidi mexer nele. Meu primeiro objetivo era deixá-lo rodando para depois fazer a restauração. Mas não queria que tivesse uma mecânica simples. Após várias pesquisas na internet, decidi trocar o motor pelo do Opala de quatro cilindros, devido a facilidade de adaptação. Afinal só teria que trocar o câmbio para o de cinco marchas e adaptar a caixa seca e o eixo piloto do mesmo.

Em dezembro encontrei um anúncio de um motor quatro cilindros 151 de Opala que ainda estava no carro. Ótimo, pois poderia testá-lo. Fui ver e estava muito bom. O carro tinha sofrido uma batida muito forte na traseira e o seu dono optou por dar baixa e vender as peças.

No mesmo mês encontrei o anúncio de um câmbio de cinco marchas de Chevette já com a caixa seca e o eixo piloto do Opala, porém diferentemente do motor, o câmbio já estava fora do carro do vendedor. Então tive que acreditar na procedência.

Com motor e câmbio na mão, hora de começar o Chepala. Até o próximo post, onde contarei todas as dificuldades e segredos da adaptação.

Por Bruno Monteiro, Project Cars #156

0pcdisclaimer2

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora