A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Um Civic Si cupê quase novo, um Gol GTS íntegro e original, um BMW Série 5 E60 manual e mais novidades no GT40

Caros leitores, como vai a sexta-feira? Nós passamos a manhã dando uma olhada no GT40.com.br e selecionamos mais uma lista de anúncios de pessoa física que pintaram nos últimos dias. Como sempre, a prezamos pela variedade que já é marca do GT40: tem clássico nacional, cupê de tração dianteira, sedã alemão e mais algumas coisinhas. E, se você quiser conferir como tem de tudo por lá, organizado e fácil de achar, pode procurar por “JDM” ou “muscle car“, por exemplo.

E se você ainda não visitou, clique aqui e faça isto agora mesmo. Garantimos que vai gastar um tempinho explorando o site.

img_71364_4_7496c03d-12a6-44ae-a78e-9b48075ad5b4

O Honda Civic Si da nona geração, o cupê de duas portas com motor K24 de 206 cv, não atingiu a mesma popularidade do sedã anterior. No entanto, como pudemos comprovar nesta avaliação, ele segue com um conjunto acertadíssimo e é uma das melhores opções para quem quer um esportivo moderno de tração dianteira com bom acerto dinâmico e muitas opções de preparação. De acordo com o proprietário, este carro tem apenas 31.000 km rodados, é totalmente original de fábrica e realizou todas as revisões em concessionária. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_71060_4_8e15aee7-30ed-4035-a35b-cc76409f89be

Está cada vez mais difícil achar exemplares originais de qualquer versão do Gol de primeira geração, mas isto é especialmente verdadeiro para os quadrados esportivos. Este Gol GTS 1989 é um raro exemplo. O dono diz que o carro nunca foi rebaixado, turbinado ou modificado extensamente e que o nível de originalidade é alto por dentro e por fora. Também diz que o motor AP de 1,8 litro a etanol com 99 cv declarado pela Volkswagen está em perfeita saúde, assim como os demais componentes mecânicos. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_71332_4_5485ed19-e22b-424a-bb14-504485bfce3e

A primeira geração do Ford Fusion vendido no Brasil era um sedã tipicamente americano, de proporções avantajadas, formas retilíneas e uma grande grade cromada na dianteira. De acordo com o proprietário, este exemplar da versão SEL, que em 2007 era equipada com o quatro-cilindros de 2,3 litros e 162 cv, é muito novo, com apenas 55.800 km rodados e plásticos no assoalho. Ele diz que o carro tem a resolver apenas um detalhe em uma das caixas de ar. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_69440_4_b52a0551-1a74-4811-98c6-1942086d8f63

A combinação de motor seis-em-linha, câmbio manual de seis marchas e tração traseira é extremamente desejável em um BMW, e é exatamente este o conjunto deste 530i E60. O carro fabricado em 2009 pertenceu, segundo seu proprietário, ao consulado polonês no Brasil. O carro tem cerca de 68.000 km rodados e, ainda de acordo com o anúncio, teve uma boa seleção de itens trocada em sua última revisão, entre velas, discos e pastilhas de freio, óleo do motor e filtros. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

 

img_69780_4_fef19c54-89ed-4cc1-9e73-f613bb4e01a1

Um BMW um pouco mais antigo e automático, mas ainda assim bastante interessante, especialmente para quem busca algo mais compacto que um Série 5: este 325i, também com motor seis-em-linha, porém de 2,5 litros e calibrado para entregar 189 cv. São uficientes para chegar aos 100 km/h em menos de oito segundos. O dono diz que o carro é utilizado principalmente em viagens e que foi revisado recentemente. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_71272_4_d128ee9b-cdd9-439c-90b3-c7623f9dd96e

Compacto bem equipado, pouco rodado e com dinâmica interessante, o Fiat 500 Cult fabricado em 2012 ainda tem motor Fire 1.4 8v de 88 cv – mecânica similar à de modelos mais populares da Fiat, o que ajuda na hora da manutenção, e com potência suficiente para garantir diversão ao puxar os 1.061 kg do hatch. Este exemplar com câmbio manual de cinco marchas tem apenas 31.000 km rodados e, segundo seu dono, teve todas as revisões feitas em concessionária e não tem detalhes a resolver por dentro e por fora. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_69868_4_98e0a629-1ae3-4db4-88f5-ba8ef578ae25

Agora, você não precisa comprar um BMW para ter um carro com motor de seis cilindros em linha, câmbio manual, tração traseira e engenharia alemã: o Chevrolet Omega CD 4.1 tem tudo isto, e ainda traz suspensão do tipo multilink na traseira, célula de segurança e farta lista de equipamentos. Este carro, segundo seu dono, tem 89.000 km rodados e é um “carro de garagem”, sendo usado apenas ocasionalmente. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_70488_4_9eddfd5b-f4c2-4e26-bed4-507645e93e52

Por mais que a atual geração do Honda Civic tenha dado um salto em termos de design e mecânica, o modelo anterior ainda pode ser interessante para quem busca um sedã médio de perfil mais entusiasta, com suspensaõ bem acertada e um motor esperto – o 2.0 16v de 155 cv com comando variável nas válvulas de admissão (que ficaria melhor se fosse acoplado a um câmbio manual em vez do automático). Com 32.500 km rodados, lista boa lista de equipamento (incluindo bancos revestidos em couro e cruise control), o carro teve todas as revisões feitas em concessionária, segundo o dono. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_70424_4_b4d1ea01-d779-469b-b34e-3e11a1f58647

Peruas francesas exercem uma fascinação curiosa sobre os entusiastas, e esta Mégane Grand Tour Dynamique com motor 1.6 de 115 cv é um bom exemplo. Seu dono colocou nela rodas Enkei FD-05 de 18 polegadas mas, no mais, a estate é bastante original e rodou 32.000 km desde que foi fabricada. Este carro é equipado com câmera de ré com sensor de distância, faróis de neblina de xenônio e computador de bordo, e tem os borrachões dos para-choques e laterais na cor do carro. Há quem prefira este visual mais clean. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

 

img_70892_4_2e669612-862c-4f3c-83cb-b3635db52b9d

Se em vez de Renault você curte mesmo é PSA e prefere hatches a peruas, que tal um Citroën C4 VTR? O duas-portas com traseira nada discreta é equipado com um motor 2.0 16v com comando duplo no cabeçote e 143 cv, suficientes para chegar aos 100 km/h em 9,2 segundos. O dono diz que o carro traz opcionais como rodas de 17 polegadas, faróis de xenônio e asa traseira sobre o vigia. Ele também afirma que o carro recebeu alguns acessórios do C4 VTS, como manopla do câmbio e pedaleiras, e que a única modificação mecânica foi a instalação de um filtro K&N. [highlight color=”yellow”]Clique para ver o anúncio[/highlight].

Matérias relacionadas

McLaren F1 atinge preço recorde, os Corvettes do Museu, novidades para Ferrari, Dodge e Alfa e mais!

Leonardo Contesini

Volkswagen SP2: a história do esportivo brasileiro admirado no mundo todo

Dalmo Hernandes

Renault divulga preços e versões da picape Duster Oroch, Vin Diesel confirma “trilogia final” de Velozes e Furiosos, Fiat 124 Spider aparece sem camuflagem e mais!

Leonardo Contesini