A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Uma série de TV sobre Ayrton Senna, VW planeja volta da Kombi, Volvo V40 fica mais barato no Brasil, Ferrari de Schumacher à venda e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Ayrton Senna será tema de nova série brasileira

AYRTON-senna

Anote aí: às 23:30 de amanhã, no Canal Brasil, estreia a série “Ayrton Senna – Retratos e Memórias”, que contará a história e a carreira do piloto brasileiro. A série tem direção e roteiro de Ernesto Rodrigues, biógrafo de Senna, e terá dez capítulos que contarão a história de Senna desde o início de sua carreira no kart à sua última corrida, o GP de San Marino de 1994.

Em formato de documentário, a série terá imagens de arquivo combinadas a entrevistas e depoimentos de pilotos, chefes e funcionários das equipes, jornalistas e até rivais e desafetos e críticos de Senna. Seria interessante ver Nelson Piquet e Jackie Stewart nessas entrevistas.

A série inicia com o capítulo “Um certo da Silva”, e contará a história da criação do capacete de Senna e entrevistas com o fotógrafo de Ayrton antes da fama. Se você não quiser ficar em casa no sábado à noite, os episódios serão reprisados domingos às 15:00, quartas e quintas-feiras às 2:00 e sextas-feiras às 20:30 (bem no horário que você assiste “Dupla do Barulho” e afins).

 

Shelby lança pacote de preparação para o Mustang EcoBoost

FlatOut 2015-09-11 às 11.45.49

Se muita gente torce o nariz para o Ford Mustang de quatro cilindros, a Shelby não se faz de rogada. Tanto que vai mostrar no Goodwood Revival, que marca sua volta ao mercado europeu, um pacote para o EcoBoost.

FlatOut 2015-09-11 às 11.46.25

A mudança principal é na central de controle da injeção. Mas o resultado, honestamente, decepciona. De 314 cv, ele passa a render 340 cv. E o pacote custa US$ 23.995, valor que não inclui o Mustang base das modificações. Nos EUA, ele exige mais US$ 25.395. Em suma, o pacote custa quase o mesmo que o carro.

FlatOut 2015-09-11 às 11.46.19

Para sermos justos, ele não se limita a mudanças no motor. O Mustang também recebe um pacote dinâmico Ford Performance, que inclui um escapamento de som mais agradável, novos pneus, rodas, suspensão revisada, capô, spoiler e saias laterais de fibra de carbono. Não vai vender, especialmente sabendo que o Shelby GT350, com motor V8 Voodoo, sai por US$ 47.795.

 

Volkswagen está planejando uma versão moderna da Kombi

 

Bulli_01

Lembra todos aqueles conceitos de Kombi do futuro que você tem visto há anos? Elas sempre foram conceitos sem muitas chances de chegar à linha de produção, mas parece que agora a coisa ficou séria. O pessoal da Autocar apurou que a Volkswagen está trabalhando em um novo conceito da Kombi (Microbus, como é chamada por lá) que será apresentado na famosa feira Consumer Electronics Show (CES) em Las Vegas. O modelo deve ser apresentado em janeiro e precede o anúncio oficial de Martin Winterkorn (o chefão da VW) de que a Velha Senhora terá uma bela herdeira moderninha.

Segundo a Autocar, o conceito será muito próximo da versão de produção, que será feita em Puebla, no México, a partir de 2017, e terá um powertrain elétrico recém-desenvolvido pela fabricante, além de outras tecnologias modernas — afinal, ela será apresentada em uma feira de eletrônicos.

volkswagen-confirms-plans-to-build-microbus-26782_1

O motor é baseado na mesma tecnologia de baterias de íons de lítio adotadas no Audi R8 E-Tron e no futuro Audi E-Tron Quattro, e pode rodar até 500 km dependendo das condições de rodagem. Mas calma, a Kombi não será somente elétrica: a Volkswagen planeja oferecê-la com motores turbo de quatro cilindros a diesel e gasolina.

A Autocar ainda conversou com o chefe de desenvolvimento da VW, Hans-Jakob Neusser, e descobriu que o novo modelo “precisa ter três elementos de estilo muito importantes”: coluna D larga, estilo “caixote” na porção central e balanço dianteiro extremamente curto. “A distância da coluna A para a dianteira precisa ser curta”, disse o executivo.

 

Volvo V40 ganha nova versão de entrada no Brasil

volvo_v40_7-620x429

A Volvo está lançando no Brasil uma nova versão de entrada do V40 para rivalizar com as versões superiores do Golf, e os modelos de entrada do Mercedes-Benz Classe A, BMW Série 1 e Audi A3. O modelo agora vem em duas versões, Kinetic e Momentum, que trazem duas motorizações inéditas por aqui.

A primeira é a Drive-E T3, que equipa a versão Kinetic. Trata-se de um quatro-cilindros 1.5 turbo com injeção direta, capaz de produzir 152 cv para levar o V40 aos 100 km/h em 8,3 segundos. Essa versão é a mais barata das novidades, e sai por R$ 99.950 em faturamento direto com a fábrica. A outra é a T4 Drive-E, que equipa a versão Momentum. É um 2.0 turbo de quatro cilindros com injeção direta e 190 cv que substitui os antigos motor 2.0 de cinco cilindros. Com o novo T4 Drive-E, o V40 chega aos 100 km/h em 6,9 segundos.

Nas duas versões o câmbio é automático de seis marchas, e os motores são equipados com sistema start-stop. O V40 Kinetic vem de série com rodas de 17 polegadas, bancos de couro, ar-condicionado de duas zonas e sistema multimídia com DVD player e tela de sete polegadas integrada.

volvo_v40_4

A versão Momentum custa R$ 132.950 e tem rodas de 17 polegadas com pintura cinza, faróis direcionais de xenônio, acabamento de alumínio na moldura dos vidros, retrovisores com rebatimento elétrico e memória de posição, sistema keyless, sensores de estacionamento e de chuva, borboletas para trocas de marcha no volante, painel de instrumentos digital com três temas e banco do motorista com ajustes elétricos e memória de posição.

 

Brabus deixa o Mercedes-AMG GT S ainda mais bravo

Brabus-Mercedes-AMG-GT-S-1

Se você acha que quem tem um Mercedes-AMG GT S, com seus 510 cv, não pode querer muito mais da vida, achou errado. Sempre tem alguém querendo algo a mais e é para estes clientes que a Brabus criou o kit PowerXtra B40 – 600. Com ele, o GT S pula para 600 cv a 6.400 rpm, algo obtido com remapeamento da injeção e mais pressão do turbo do V8 4.0. O torque também sobe dos 66,3 mkgf regulamentares (sem o booster, que o leva a 71,4 mkgf) para 76,5 mkgf a 4.800 rpm.

Brabus-Mercedes-AMG-GT-S-4

Em termos práticos, o Brabus AMG GT vai de 0 a 100 km/h em 3,6 s (0,2 s mais rápido que o carro sem mudanças) e chega à máxima de 325 km/h (15 km/h a mais).

Além do ajuste de desempenho, o Brabus AMG GT também vem com escapamento quádruplo de titânio, que pesa 40% menos do que o sistema original. Outro plus do escape é que ele vem com borboletas que podem ser controladas eletronicamente pelo motorista. O objetivo é o ajuste do som que ele emite.

Brabus-Mercedes-AMG-GT-S-3

A suspensão também mereceu atenção. Já rebaixada em 1,5 cm, pelo uso de molas esportivas, ela traz ajustes de altura de rodagem e dos amortecedores. As rodas são de alumínio forjado da Monoblock F de aro 20 na dianteira e 21 na traseira.

Brabus-Mercedes-AMG-GT-S-2

Na parte aerodinâmica, o carro traz peças de fibra de carbono, como o difusor traseiro de ar, com recorte especial para as quatro saídas de escape, o aerofólio traseiro e o spoiler dianteiro. Os para-choques também são diferentes, com destaque para o dianteiro, que traz entradas de ar maiores.

Brabus-Mercedes-AMG-GT-S-6

No interior, a customização permite escolha de cores e costuras dos bancos revestidos de Alcantara, inserto de fibra de carbono, alumínio anodizado, madeira de lei, aço inox e até borboletas novas de troca de marcha, feitas de alumínio.

 

Salão do Automóvel de São Paulo deve mudar de endereço

salaosp-barata-garotas-1-620x392

A próxima edição do Salão do Automóvel de São Paulo, prevista para novembro de 2016, poderá acontecer em um novo endereço, razoavelmente distante do Pavilhão de Exposições do Anhembi. Aparentemente os organizadores decidiram ouvir as queixas da imprensa e do público sobre o calor, internet e estacionamento e pretendem organizar a próxima edição do Salão no São Paulo Expo, novo nome do antigo Centro de Exposições Imigrantes, que fica à margem da Rodovia dos Imigrantes.

O São Paulo Expo está passando por uma reforma que irá aumentar sua área de 40.000 m² para 90.000 m², superando o espaço do Pavilhão do Anhembi, de 76.000 m². Além do maior espaço, o São Paulo Expo terá climatização, conexão de internet wi-fi e estacionamento coberto com 4.500 vagas. A apuração é do pessoal do Autodata.

 

Ferrari com que Schumacher quase ganhou título vai a leilão

Ferrari-15

Um carro azarão pode ser um investimento interessante? Se for o carro em que Michael Schumacher quase venceu seu primeiro título pela Ferrari, provavelmente. Se for a que ele usou para tentar tirar Jacques Villeneuve da última corrida do campeonato de 1997, então, a coisa fica mais interessante. E é exatamente ela, o chassi 178 da Ferrari F310B, que será leiloado pela Auctionata no próximo dia 26, em Berlim, na Alemanha. O carro usa o motor V10 Tipo046.

Ferrari-8

Na fatídica prova final, em Jerez, Schumacher liderava o campeonato por apenas um ponto e saiu na dianteira, com Villeneuve fungando em seu cangote. Foi quando a Ferrari começou a perder potência e o piloto canadense chegou mais perto, pronto para ultrapassar. Schumacher tentou evitar a ultrapassagem da pior maneira: batendo no carro de Villeneuve. Mas o alemão se deu mal, indo parar na caixa de brita, enquanto Villeneuve escapou ileso e venceu a prova e o campeonato. Lembre-se de como foi. Ou veja pela primeira vez.

O carro terá lance inicial de 650 mil euros, mas seu valor é estimado em bem mais do que isso: Segundo especialistas, ele pode passar de 1,5 milhão de euros. Se você tivesse essa grana, compraria esse pedaço da história da F1?

 

Borgward volta a fabricar automóveis com o SUV BX7

FlatOut 2015-09-11 às 11.46.43

A Borgward sempre se caracterizou por ser inovadora. Tinha carros com suspensão pneumática, como o P100, e o primeiro veículo equipado com motor de injeção direta, o Goliath GP700, de 1952. Mas morreu nos anos 1960, mesmo com um carro bacana como o Isabella. Sua ressurreição, porém, está marcada para o Salão de Frankfurt deste ano, que abre em alguns dias. E virá com uma aposta no seguro: um SUV, chamado de BX7.

Segundo a revista alemã Auto Bild, ele terá 4,70 m de comprimento e um motor 2.0 turbo a gasolina de 224 cv, conectado a uma transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas. Será capaz de levar até sete pessoas e terá tração nas quatro rodas, fornecida pela BorgWarner.

2015-596152borgward-bx7

Além da versão a gasolina, será exibida também uma híbrida, mas com 401 cv. Tudo graças ao motor elétrico colocado no eixo traseiro, de potência não revelada, mas ºque pode ter autonomia de até 55 km apenas com a energia de suas baterias. Com os bancos traseiros rebatidos, ele poderia levar até 1.344 litros de bagagem.

Seu sistema de entretenimento tem uma tela de 12,3 polegadas e será possível ter visão em 360º graças a uma série de câmeras instaladas no BX7. Entre os sistemas de segurança, o SUV terá controlador de velocidade adaptativo, assistente de frenagem para proteção aos pedestres e um assistente contra colisão.

FlatOut 2015-09-11 às 11.47.43

Hoje de propriedade da marca chinesa Foton, conhecida no Brasil por seus caminhões, a Borgward colocará seus carros à venda primeiro na China e em mercados emergentes, mas também na Europa. Na Alemanha, seu preço deve começar nos 26 mil euros.

 

 

Matérias relacionadas

Ferrari 488 GTO revelada, GM quer Camaro “sub-7” em Nürburgring, Range Rover terá versão cupê e mais!

Leonardo Contesini

Volkswagen revela interior do T-Cross, Mercedes irá matar motor V12 biturbo, Porsche 911 ganha versão híbrida de preparadora e mais!

Leonardo Contesini

Pare o que estiver fazendo e veja Tom Kristensen domando um Ford Thunderbird de corrida em Goodwood

Dalmo Hernandes