A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Wire wheels: as rodas de cubo rápido de antigamente eram muito mais legais

A evolução da engenharia automotiva é realmente fascinante, mesmo para quem não gosta de carro. Nós gostamos, óbvio, e por isso, de vez em quanto gostamos de contar algumas histórias sobre como o automóvel mudou através das décadas. As rodas, por exemplo. Os primeiros carros do século XX usavam rodas de madeira, como as das charretes, ou então rodas de ferro emprestadas das máquinas de guerra, como canhões metralhadoras. Pouco antes, é 1886, o primeiro carro do planeta – o Benz Patent-Motorwagen de 1886, invenção de Karl Benz – usava rodas finas com raios de aço, parecidas com rodas de bicicleta, e pneus de borracha sólida, tudo projetado por Benz. Em meados de 2015, contamos a história de como os carros começaram a usar as rodas que vemos hoje, primeiro de aço estampado, e depois de liga leve (geralmente, alumínio e magnésio). Houve, contudo, uma parte desta história que ficou de fora: a das rodas raiadas de cubo rápido, que os carros de luxo, esportivos e de competi

Matérias relacionadas

Este Datsun 280Z com motor Toyota 2JZ de 836 cv é o “Devil Z” da arrancada

Dalmo Hernandes

Chrysler Viper GTS-R: a primeira versão de corrida do ícone da Dodge nos anos 90

Dalmo Hernandes

BMW Nazca C2, o supercarro desenhado por Giorgetto Giugiaro que virou ícone dos games

Dalmo Hernandes