A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Zef Eisenberg: o cara que caiu de moto a 380 km/h, foi declarado morto, se recuperou e voltou a acelerar

Não adianta querer suavizar ou recorrer à hipocrisia. Parte do apelo de se pilotar um carro em alta velocidade está, sim, no risco envolvido. Saber que o menor erro tem potencial não apenas te prejudicar no cronômetro, mas também para acabar com a sua vida, é o que faz a gente se sentir tão bem quando tudo dá certo. E, a gente aposta, o mesmo vale para as motos. Que o diga o milionário britânico Zef Eisenberg. Ele não é exatamente famoso – não no nível de uma celebridade, por exemplo – mas é um bem sucedido empresário do ramo de suplementos para atletas, dono da MaxiNutrition. E, por acaso, também é fã de motocicletas, do tipo que constrói as suas próprias motos, sendo dono também da Maxicorp, especializada na fabricação de motos movidas a turbina. Com uma delas, batizada simplesmente Madmax Turbine, Zef conseguiu quebrar três recordes em maio de 2016: a moto movida a turbina mais veloz do planeta (376,6 km/h); a moto streetfighter mais rápida do planeta (372,7 km/h) e

Matérias relacionadas

Veloster tem importação suspensa, o BMW de tração dianteira, o gameplay de Project Cars e mais

Leonardo Contesini

Honda Accord híbrido no Brasil, a nova Ferrari 488 GT3 Evo, um novo Lamborghini de pista e mais!

Falando em Polo Sedã, que tal este Volkswagen Derby 1978 à venda no Brasil?

Dalmo Hernandes