A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Zonda, 20 anos: a história e a evolução do primeiro Pagani

O argentino Horacio Pagani pode dizer que venceu na vida. Como muitos de nós, em sua juventude ele era um admirador dos supercarros italianos – mas, diferentemente da maioria, ele conseguiu fundar sua própria fabricante de superesportivos, tornando-se um daqueles em que se espelhava. E seu primeiro modelo era tão incrível que, vinte anos depois, se recusa a ficar obsoleto. Obviamente, estamos falando do Pagani Zonda. Como contamos neste post, publicado há um bom tempo, Horacio Pagani começou a ensaiar muito cedo a carreira que seguiria pelo resto da vida. Aos dez anos de idade, ele já era completamente doente por supercarros, e desenhava incontáveis esboços em qualquer pedaço de papel que encontrava. Aos 15, ele construiu sua primeira moto com a ajuda de um amigo. E em 1972, aos 17, deu forma a seu primeiro veículo de quatro rodas: um cupê esportivo de fibra de vidro, feito sobre um Renault Dauphine. Com 23 anos, já formado engenheiro mecânico, Pagani construiu um monoposto de Fórmula 2

Matérias relacionadas

Rápido, brutal e impossível de vender: a história do Chevrolet Camaro ZL1

Leonardo Contesini

La Misión Argentina 2: Oreste Berta e o Torino 380W retornam a Nürburgring – junto com Horacio Pagani

Dalmo Hernandes

Italdesign Aztec: dois cockpits e a promessa de um futuro que nunca aconteceu

Dalmo Hernandes