A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Mercado e Indústria

5 Mercedes com preços interessantes escolhidos pelo Leo Contesini

Dizem que não existe nada mais caro que um Mercedes barato. E isso até é verdade, mas geralmente é aplicado do jeito errado. Um Mercedes barato que sai caro são aqueles carros muito abaixo do valor médio, com algumas pendências de revisão como o clássico "ar-condicionado gelando, precisa somente de uma carga de gás" (que é tão fácil e simples que o sujeito não arruma...). Se você comprar um Mercedes usado bem-conservado, com histórico de manutenção e que não tenha passado por mais mãos que uma CG125 1982, e estiver consciente dos custos envolvidos nesta compra, você pode fazer um bom negócio — como os modelos desta lista, selecionados por mim com uma pequena ajuda de um técnico certificado pela própria Mercedes-Benz no Brasil, nosso parceiro de longa data Guilherme Bogossian. Antes de começar, já adianto que você não encontrará nenhum modelo AMG. Não é por que eu não gosto, mas porque esta é uma dica preciosa: a AMG tem sua aura e você certamente será visto de outra

Matérias relacionadas

Que sedãs médio-grandes cobram menos por pouco peso e mais potência?

Gustavo Henrique Ruffo

Rota 2030: tudo o que você precisa saber sobre o novo programa de incentivo à indústria automobilística

Leonardo Contesini

BBS “declara guerra” contra rodas falsificadas

Dalmo Hernandes