A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo Car Culture FlatOut Revival

A arte de trocar um câmbio em cinco minutos

Não sei se já aconteceu com vocês, mas enquanto esperava minha vez na fila do alinhamento, acabei hipnotizado por vídeos de carros de corrida passando por trocas de câmbio extremamente rápidas durante as corridas. É um trabalho impressionante não apenas pela rapidez, mas também pela coordenação de quase dez mecânicos em um trabalho que, nos carros de rua, normalmente é feito por um mecânico e um ajudante em um dia inteiro. As trocas de câmbio são relativamente comuns em provas de longa duração como os ralis e corridas de endurance. Nesse tipo de competição quando seu câmbio quebra você não abandona como em uma corrida de Fórmula 1 ou turismo. Afinal, um reparo de, vá lá, dez minutos, consome quase 10% do tempo total de uma prova de duas horas. Mas em Le Mans, por exemplo, isso não chega a 1% do tempo total. Em um rali é menos ainda, porque você abre mão de parte de um estágio para continuar nos demais. O primeiro dos vídeos que cruzaram minha timeline foi o deste Porsc

Matérias relacionadas

Ayrton Senna fora das pistas: os carros de rua do tricampeão

Dalmo Hernandes

Por que tantos motociclistas se acidentam no Brasil?

Leonardo Contesini

A década de 2010 chegou ao fim: como o universo automobilístico mudou nos últimos dez anos?

Leonardo Contesini