A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

A autópsia de uma bronzina destruída: causas e correções

Dizem que a melhor forma de aprender é fazendo alguma coisa. Errando e acertando, repetindo o processo e eliminando os fatores de erro. Enzo Ferrari, por exemplo, tinha um "museo degli errori", onde empilhava os componentes quebrados em corridas — todos catalogados —, depois de exibi-los aos engenheiros para que eles vissem a porcaria que tinham feito analisassem os problemas e, então cientes, pudessem resolvê-los. Na verdade, toda evolução da engenharia é baseada nesta análise de falhas — é a única forma de descobrir o que houve de errado, afinal. É por isso que todo projeto precisa de um protótipo e testes exaustivos, que simulem as condições reais de uso, em vez de depender apenas dos modelos teóricos aplicados durante a fase inicial do projeto. Também é por isso que, para aprender um pouco mais sobre mecânica, era preciso estar pessoalmente em uma oficina-escola com alguma freq

Matérias relacionadas

Como funciona o sistema Twin Spark da Alfa Romeo?

Leonardo Contesini

Turbofan wheels: como funcionam as rodas e calotas aerodinâmicas dos anos 1970 e 1980?

Leonardo Contesini

Destrinchamos o sistema de aerodinâmica ativa do Lamborghini Huracán Performante

Leonardo Contesini