A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Fiat Toro 2022 é revelada, Volkswagen apresenta Polo reestilizado, a nova Ferrari 812 Superfast com

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Fiat Toro 2022 é apresentada com novo visual e motor 1.3 turbo de 185 cv

A Fiat enfim revelou hoje (22) a nova Toro 2022. A picape recebeu uma reestilização para adequar-se à nova identidade visual da Fiat, e também o novo motor turbo GSE 1.3 – chamado T270 nessa aplicação – com 185 cv.

 

Na dianteira, vemos o que já havia sido constatado com os flagras: a principal mudança é a grade, que ficou maior e mais robusta, com uma moldura maior e, agora, com o letreiro “FIAT” por extenso no centro e o badge tricolor no canto direito. Há dois modelos de grade diferentes – uma mais sofisticada, com acabamento e frisos horizontais cromados, e uma com padrão do tipo colmeia nas duas versões de topo, Ranch e Ultra (esta com a moldura em preto fosco). Além disso, o capô agora tem vincos mais pronunciados. A traseira, contudo, não muda – o desenho das lanternas e o formato do para-choque é o mesmo de antes.

Onde a Toro mudou mais foi no interior. O painel ganhou novo desenho, com linhas e acabamento mais sóbrios, porém com mais tecnologia – quadro de instrumentos personalizável, integração com a assistente virtual Alexa, da Amazon, uma central multimídia vertical de 10,1 polegadas de série nas versões de topo. As demais variantes seguem com uma tela horizontal de 8,4 polegadas – com exceção da versão Endurance, que agora adota uma central multimídia de 7 polegadas.

A maior novidade, porém, é mesmo o motor 1.3 turbo GSE – aqui denominado T270. Ele desenvolve 185 cv com etanol e 180 cv com gasolina, sempre a 5.750 rpm, e 27,5 kgfm de torque (ou 270 nm, daí o nome do motor). Ele sempre é associado ao câmbio automático de seis marchas da Fiat, com tração dianteira. Ele está disponível nas versões Endurance, Freedom e Volcano, que também poderão receber outros motores; e não é oferecido nas variantes de topo Ranch e Ultra, que seguem apenas com o 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, câmbio automático de nove marchas e tração integral. E somente a Endurance pode vir equipada com o 1.8 aspirado de 139 cv, agora disponível apenas com câmbio automático de seis marchas. Não há mais nenhuma versão da Toro com caixa manual.

Outra novidade é o sistema de diferencial eletrônico E-Locker com controle de tração TC+, que vem de série em todas as versões com tração dianteira. Já presente na nova Strada, o TC+ aciona o freio assim que detecta perda de aderência em uma das rodas, transferindo o torque para a outra roda. Os modelos 4×4 agora permitem que se desligue o controle de estabilidade (ESC) e a desativação do ABS por alguns instantes, dando mais desenvoltura no off-road.

Confira abaixo as versões, preços e equipamentos da nova Fiat Toro:

Preços

Fiat Toro Endurance 1.8 AT6 – R$ 114.590
Fiat Toro Endurance 1.3T AT6 – R$ 119.590
Fiat Toro Endurance 2.0 TD AT9 AWD – R$ 152.990
Fiat Toro Freedom 1.3T AT6 – R$ 131.890
Fiat Toro Freedom 2.0 TD AT9 AWD – R$ 164.390
Fiat Toro Volcano 1.3T AT6 – R$ 144.990
Fiat Toro Volcano 2.0 TD AT9 AWD – R$ 177.690
Fiat Toro Ranch 2.0 TD AT9 AWD – R$ 185.490
Fiat Toro Ultra 2.0 TD AT9 AWD – R$ 187.490

 

Equipamentos

 

Fiat Toro Endurance (1.8 AT, 1.3 turbo AT e 2.0 TD AT9 AWD): ar-condicionado, painel de instrumentos com tela de 7″, controles de tração e estabilidade com TC+ e assistente de partida em rampas, sistema multimídia com tela de 7″ e espelhamento de smartphones, 6 airbags, retrovisores elétricos com repetidor, portas USB tipo A e C, sensor de estacionamento traseiro, luzes diurnas em LEDs, direção elétrica com coluna com regulagem de altura e profundidade, protetor de caçamba, piloto automático, iluminação na caçamba, alarme, vidros e travas elétricos;

Fiat Toro Freedom (1.3 turbo AT e 2.0 TD AT9 AWD): Endurance + faróis full-LED, faróis de neblina em LEDs, sistema multimídia com tela de 8,4″, rodas de 17″, trocas de marchas por aletas no volante, câmera de ré, volante em couro, apoio de braço frontal, capota marítima, maçanetas e espelhos na cor do carro;

Fiat Toro Volcano (1.3 turbo AT e 2.0 TD AT9 AWD): Freedom + Fiat Connect Me, sensor de estacionamento dianteiro, carregador por indução, 7 airbags, bancos em couro, banco do motorista com regulagem elétrica, chave presencial para abertura e partida por botão, rodas de 18″, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, retrovisores com rebatimento elétrico, LEDs internos, maçanetas cromadas;

Fiat Toro Ranch (2.0 TD AT9 AWD): Volcano + central multimídia com tela de 10,1″ vertical, sistema ADAS, pneus ATR, bancos em couro marrom, santantonio e estribos laterais cromados, barra de proteção no vidro traseiro, interior com acabamento em marrom, tapetes em carpete;

Fiat Toro Ultra (2.0 TD AT9 AWD): Volcano + central multimídia com tela de 10,1″ vertical, sistema ADAS, rodas de 17″, bancos em couro, capota rígida, Cargo Bag Mopar, santantonio integrado, estribo preto, tapetes em carpete.

A nova Fiat Toro chegará às concessionárias brasileiras em 15 de maio.

 

Volkswagen apresenta Polo 2022 reestilizado e com novas versões

Depois do primeiro teaser e das fotos vazadas logo depois, hoje a Volkswagen revela, enfim, o Polo 2022. O hatchback passou por mudanças leves por fora e por dentro – e ficou mais parecido com o Golf.

A dianteira recebeu faróis de LED com contorno ligeiramente redesenhado e uma nova grade, mais limpa e dotada de uma barra iluminada entre os faróis. O para-choque também é novo, com uma entrada de ar mais larga e quadrada, inspirada pelo irmão maior. Na traseira, as lanternas também adotam novo desenho, com o mesmo formato horizontal com extensões na tampa do porta-malas. A mudança é simples, mas consegue dar um ar de novidade ao Polo – impressão acentuada pela pintura roxa escolhida para as fotos de divulgação.

Por dentro, as mudanças concentram-se em acabamentos e revestimentos, mas há itens novos – o volante é igual à peça que estreou no Volkswagen Nivus brasileiro e o quadro de instrumentos digital de oito polegadas, que agora é de série em todas as versões. A central multimídia recebeu uma nova moldura em preto brilhante, e traz todos os comandos do carro concentrados ao seu redor – sendo que o único botão físico com feedback tátil é o que aciona o pisca-alerta. Nas versões mais caras, o painel terá tela de 10,25 polegadas.

Em mecânica, nada muda – por ora o Polo ainda não recebe tecnologia híbrida, uma das possibilidades levantadas antes do lançamento. Assim, na Europa ele continua equipado com os motores 1.0 aspirado e turbo, com 80 cv na versão sem turbo e 95 cv ou 110 cv nas versões turbinadas. Apenas o 1.0 aspirado vem com câmbio manual de cinco marchas – o TSI de 95 cv pode ter câmbio manual ou DSG com dupla embreagem e sete marchas, enquanto a variante de 110 cv só terá câmbio DSG.

Na Europa, as versões mudaram de nome – passaram de Trendline, Comfortline e Highline para “Life”, “Style” e “R-Line”. A versão básica, por sua vez, será apenas “VW Polo”, sem sobrenome. Ainda não ficou claro se a Volkswagen vai adotar as mesmas nomenclaturas no Brasil, e nem se o GTS adotará o facelift logo de cara. De qualquer forma, sua chegada ao Brasil ainda deve levar alguns meses, ficando para a primeira metade de 2022.

 

Ferrari anuncia nova versão da 812 Superfast com 830 cv

Acha que a Ferrari 812 Superfast é fraca demais? A Ferrari tem a solução: a fabricante italiana acaba de apresentar a 812 Superfast Versione Speciale – cujo V12 de 6,5 litros ficou ainda mais absurdo: passa de 800 cv para 830 cv. É o V12 mais potente já feito pela fabricante em um carro de rua, o que também significa que a nova 812 Superfast será a Ferrari não-híbrida mais potente já produzida.

Além da potência extra, o motor também gira mais: se na 812 Superfast original o pico de potência aparece em 8.500 rpm, nesta aqui ela só chega às 9.500 rpm – o que também faz dela a Ferrari mais giradora de todos os tempos.

A Ferrari também divulgou algumas fotos do carro, que tem um novo para-choque dianteiro com entrada de ar maior e um spoiler do tipo lip bem mais pronunciado. Atrás de cada uma das rodas traseiras há três saídas de escoamento, o que remete às Ferrari clássicas da década de 1980. E o novo difusor traseiro conta com duas saídas de escape verticais, uma em cada extremidade – bem diferente do arranjo quádruplo na 812 Superfast original. O vigia traseiro foi substituído por uma superfície de fibra de carbono com seis fendas, outro toque retrô. Por fim, o mais intrigante: uma espécie de lâmina em forma de bumerangue, em fibra de carbono exposta, integrada ao capô. Que segredos ela esconde?

O que a Ferrari ainda não revelou é o nome da versão especial – eles literalmente a chamam de “Versione Speciale”, então “Ferrari 812 Speciale” é uma forte possibilidade. Todos os detalhes do carro serão revelados no próximo dia 5 de maio.

 

Ram terá nova picape produzida no Brasil

Agora que a Toro 2022 já foi apresentada, a Stellantis pode concentra-se em sua outra picape planejada para o Brasil – uma Ram brasileira, menor que a 1500 e com construção monobloco, possivelmente produzida em Goiana (PE) ao lado de Jeep Compass, Jeep renegade e da própria Fiat Toro.

De acordo com os colegas do Autos Segredos, ela será construída sobre a plataforma Small Wide da Fiat, a mesma da Toro, porém será um pouco maior e posicionada em um segmento superior. Seu porte será o de uma picape média, como a Chevrolet S10 e a Toyota Hilux.

A publicação diz que um protótipo já vem sendo testado no Brasil. Embora ainda não tenha sido fotografado, há relatos de que ele usa uma carroceria de Toro modificada, ficando mais corpulenta – tanto que vem sendo chamada nos bastidores de “Torona”.

Segundo as informações disponíveis, a picape usará apenas motor a diesel – possivelmente o turbodiesel 2.0 de 170 cv que já equipa a Toro e outros modelos do grupo. Sua estreia está prevista para algum momento de 2024.

 

Peugeot adota painéis analógicos para contornar falta de semicondutores

Os semicondutores, materiais usados nos circuitos eletrônicos de todos os carros modernos, estão em falta – um dos fatores que levaram diversas fabricantes de automóveis ao redor do globo a reduzirem o ritmo de produção ou mesmo interromper suas atividades. Mas a Peugeot encontrou uma solução simples e interessante para economizar no uso dos semicondutores: trocou o painel digital do Peugeot 308 por instrumentos analógicos.

A mudança acontecerá nos carros fabricados a partir de maio, e a Stellantis já se pronunciou dizendo que a solução é temporária – só até a “crise dos chips” acabar, segundo um porta-voz que conversou com a Reuters. Para quem não é muito fã das telas e sente falta dos ponteiros físicos, eis uma boa notícia. Só é uma pena que não tenhamos o 308 no Brasil…

Matérias relacionadas

Um Monza SL/E bem conservado, um Subaru WRX de 500 cv, um Opala com 40.000 km rodados e as novidades do GT40

Dalmo Hernandes

V8, biturbo, 650 cv e tração integral: este é o Lamborghini Urus

Leonardo Contesini

Nova Audi RS4 flagrada em testes, as primeiras imagens do BMW X2, Viper quebra recorde de velocidade e mais!

Leonardo Contesini