A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A guerra do V8 de sete litros

Não é à toa que hoje um pequeno Mazda Miata pode acelerar até 100km/h tão rápido quanto um Countach: a busca de potência sempre esteve presente em nossa indústria, e, portanto, os 40 anos que separam os dois carros são uma eternidade. Desde que o primeiro carro começou a ser vendido em pequenas quantidades, outras pessoas pensaram que podiam fazer melhor; durante quase toda a história do automóvel, melhor significava mais rápido. Nos EUA o marco zero foi o Ford modelo T. Como popularizou o automóvel, popularizou também as competições, tanto legais como ilegais. Depois do Ford T, todo mundo que lançava um carro barato tinha que, no mínimo, fazê-lo mais veloz que um T. Quando finalmente é substituído pelo A em 1928, todo mundo notou que ele era principalmente mais potente: 40hp, o dobro dos 20hp do carro anterior. Ford A: o d

Matérias relacionadas

Mercedes-Benz 300 SLR e Stirling Moss de volta à Itália 60 anos após a vitória na Mille Miglia

Autor Convidado

Blue Wonder: o caminhão com motor de esportivo que transportava os Mercedes-Benz de corrida

Dalmo Hernandes

Sauber C9 : o carro que deu à Mercedes-Benz sua primeira vitória em Le Mans depois de 37 anos

Dalmo Hernandes