A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

A curiosa trajetória do motor V6 PRV

"Peugeot Renault Volvo". O significado da sigla PRV nunca fez muito sentido para mim. Sempre achei estranho que duas fabricantes francesas rivais e uma empresa sueca tivessem se juntado para desenvolver um motor V6 naturalmente aspirado para dividir entre si. E mais do que isto: um motor V6 em configuração incomum que foi compartilhado não apenas entre os modelos das três fabricantes, mas também por vários carros de outras marcas; durou mais de duas décadas; e sequer era um motor tão bom assim. O motor V6 PRV tinha uma origem muito mais nobre e radical – e tem suas raízes na segunda metade dos anos 1960. Mais precisamente em 1966, quando Renault e Peugeot se juntaram em uma parceria para fabricar motores na França. Três anos depois foi estabelecida a chamada La Française de Mécanique, ou simplesmente FM, joint-venture que começou a produzir motores para os carros da Renault e da Peugeot em sua fábrica na cidade de Douvrin. A FM existe até hoje, e ao longo das décadas já fabricou

Matérias relacionadas

Formula-E começa com acidente espetacular de Nick Heidfeld, disputas de posições e vitória de Lucas Di Grassi

Leonardo Contesini

O sonho deste garotinho era andar de Lamborghini — e adivinhe o que ele ganhou de aniversário

Dalmo Hernandes

O dicionário muscle car, parte 1: do “4-4-2” ao “Hurst Equipped”

Juliano Barata