A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

A estranha ligação entre a perda de sabor das batatas fritas do McDonald’s e dos carros

Até bem pouco tempo atrás achava que era apenas saudosismo. Afinal de contas, quando se é uma criança, tudo parece ter um gosto diferente. O entusiasmo da descoberta, do novo, do incrível ainda era algo diário, e tudo parecia mais doce, colorido e saboroso. Lembro da primeira vez que experimentei um salmão, meu pai me levando a conhecer o restaurante no topo do edifício Itália no centro de São Paulo, quando comecei a estudar engenharia tanto tempo atrás. Hoje salmão é produzido em fazendas industrialmente, aos milhões, e é comum em qualquer supermercado. Mas nunca mais com aquela cor mais vermelha, aquele gosto mais rico, aquele sabor inesquecível. Minha memória me diz claramente que o que se passa hoje como salmão é no máximo um primo distante daquele peixe maravilhoso do Terraço Itália, mas mesmo assim, tinha minhas dúvidas. Não seria a memória daquele dia, a cozinha perfeita do restaurante, o dia especialmente feliz com meu pai, de quem ainda sinto falta tanto tempo depois de te

Matérias relacionadas

Qual será o futuro da indústria automobilística brasileira?

Leonardo Contesini

O que aconteceu à boa e velha BMW?

Marco Antônio Oliveira

Afinal, a Tesla Cybertruck é loucura ou uma sacada de gênio?

Dalmo Hernandes