A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A evolução do design do Chevrolet Camaro em 50 anos de estrada

Ao lado do pioneiro Ford Mustang e do Dodge Challenger, o Chevrolet Camaro faz parte da santíssima trindade dos pony cars, que é como alguns costumam chamar os muscle cars relativamente compactos, baratos, potentes e estilosos que definiram a cultura automotiva americana nos anos 1960 e 1970. Assim como o Mustang, o Camaro foi um dos únicos muscle cars que, ao longo de toda a sua existência, jamais deixaram de oferecer versões equipadas com motores V8 – ainda que, em tempos de crise do petróleo, estes fossem bastante estrangulados para economizar combustível. Sem dúvida, esta demonstração de fidelidade às raízes ajudou o Camaro a se tornar um ícone com reputação firme entre seus fãs. Mas esta não foi a única coisa: o Camaro também conquistou pelo design. E neste quesito, ao contrário do Mustang – que teve uma desastrosa segunda geração, perdendo a essência e as versões de alto desempenho –, o Camaro sempre fez questão de se manter fiel às origens, mesmo quando não p

Matérias relacionadas

Dacunha Jeg: o fora-de-série rival do Jeep Willys que (quase) todo mundo esqueceu

Dalmo Hernandes

Como um médico britânico ajudou a inventar o capacete de corrida

Dalmo Hernandes

Boschert B300: o 300SL Gullwing dos anos 1990 que a Mercedes não fez

Leonardo Contesini